Laíla, referência do carnaval carioca, morre vítima da Covid-19

Laíla passou por algumas das principais agremiações do Rio de Janeiro, como o Salgueiro, a Unidos da Tijuca e a Vila Isabel

Luana Franzão* e Lucas Janone, da CNN, em São Paulo e no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O diretor de carnaval Luiz Fernando Ribeiro do Carmo, mais conhecido como Laíla, morreu na manhã desta sexta-feira, vítima da Covid-19.

A informação foi confirmada pela Beija-Flor, escola de samba na qual ele marcou passagem e ganhou títulos do carnaval carioca. Laíla passou por algumas das principais agremiações do Rio de Janeiro, como o Salgueiro, a Unidos da Tijuca e a Vila Isabel. Sua última casa foi a União da Ilha.

Laíla estava internado no Hospital Israelita Albert Sabin, na Tijuca, Zona Norte do Rio desde o último sábado (12). Segundo os familiares da vítima, o diretor de carnaval teve uma parada cardíaca por volta das 11h30 desta sexta-feira (18). Ele havia sido internado para fazer exames de rotina e, após fazer o exame de covid-19, descobriu que estava com a doença.   

O carnavalesco a já tinha tomado as duas doses da vacina contra o Coronavírus, sendo que a última aplicação aconteceu há cerca de um mês. A CNN procurou o hospital e a família, porém eles não quiseram comentar se ele tinha alguma comorbidade. 

 A escola de Samba Salgueiro, onde ele foi campeão do carnaval carioca por sete vezes, divulgou uma nota lamentando a morte. “É com profunda consternação que recebemos a notícia de mais uma perda para o mundo do samba. Que despedida difícil para todos nós sambistas e amantes do Carnaval”, diz um trecho da nota. 

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, também lamentou a morte de Laíla nas redes sociais minutos após o anúncio. “Que perda para a nossa cultura.  Meus sentimentos aos amigos e familiares. Obrigado por tudo que você fez pelo carnaval carioca!  Salve Laíla!”, ressaltou o prefeito. 

Laíla estava no carnaval há mais de 50 anos. Durante a carreira, ele conquistou 20 títulos no carnaval carioca, sendo 13 na Beija-Flor e 7 no Salgueiro. O diretor também teve passagem pela Vila Isabel, União da Ilha e Unidos da Tijuca.

*sob supervisão

Laíla
Laíla
Foto: Reprodução/Facebook

Mais Recentes da CNN