Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Plural

    Léa Garcia ampliou oportunidades para mulheres negras na dramaturgia, diz Adriana Lessa

    À CNN Rádio, a atriz afirmou que o Brasil precisa celebrar a memória de Léa Garcia, que morreu nesta semana aos 90 anos

    A atriz Adriana Lessa rasgou elogios a Léa Garcia
    A atriz Adriana Lessa rasgou elogios a Léa Garcia TV Record/Edu Moraes/Antonio Chahestian

    Amanda Garciada CNN

    A atriz Adriana Lessa lembrou com carinho do “momento especial” que viveu durante a trajetória dela na carreira ao atuar ao lado de Léa Garcia, que morreu nesta semana aos 90 anos.

    À CNN Rádio, no CNN Plural, Adriana classificou Léa como “pioneira das artes”, além de lembrar que ela “ampliou a oportunidade para mulheres negras na dramaturgia.”

    Léa Garcia foi uma das atrizes negras mais renomadas do país e tinha mais de 100 produções no currículo, incluindo cinema, teatro e televisão.

    Na novela “O Clone”, de 2001, Adriana Lessa realizou o “grande sonho” de atuar ao lado da atriz.

    “Ela sempre teve ativismo, era antirracista, trazia reflexões para o papel do negro na sociedade”, afirmou.

    Lessa ainda destacou que Léa era “moderna, divertida, além de ser uma mulher desbravadora e atriz grandiosa.”

    A atriz defendeu que a memória de Léa Garcia “deve ser celebrada, para que não a esqueçamos.”

    “Não podemos esquecer nossos ancestrais e ela trouxe conscientização política e racial muito grande”, completou.

    *Com produção de Isabel Campos