Lema do Superman é atualizado e troca ‘América’ por ‘um amanhã melhor’

Mudança do antigo tema "verdade, justiça e 'American way'" foi anunciada neste sábado pelo chefe de criação da DC, Jim Lee

Capa do Superman #6, de 1940, feita por Joe Shuster, o artista original e co-criador do quadrinho
Capa do Superman #6, de 1940, feita por Joe Shuster, o artista original e co-criador do quadrinho Joseph Shuster/DC Comics/Wikipedia

Leah Asmelashda CNN

Ouvir notícia

O lema icônico do Superman, “verdade, justiça e ‘American way'” (“estilo de vida americano”), está recebendo uma atualização oficial pela primeira vez em décadas.

“Verdade, justiça e um amanhã melhor” será o novo bordão do herói, uma mudança que foi anunciada neste sábado (16) pelo chefe do escritório de criação da DC e editor Jim Lee, durante o FanDome da DC.

“Para refletir melhor as histórias que estamos contando na DC e para honrar o incrível legado do Superman de mais de 80 anos de construção de um mundo melhor, o lema do Superman está evoluindo”, disse Lee.

“O Superman tem sido um símbolo de esperança que inspira as pessoas, e é esse otimismo e esperança que o impulsiona com esta nova missão.”

Essa não é a primeira vez que quadrinhos recentes editam o “American way” do lema. Na primeira edição de “Superman: Son of Kal-El”, publicada em julho e que apresenta o filho de Lois Lane e Clark Kent, Jon, como o novo Superman, Jon afirma que defende a “verdade, justiça e um mundo melhor”.

O anúncio de sábado estabelece uma mudança mais canônica para o lema clássico ligado ao Superman de Clark Kent.

Mesmo que os fãs possam associar o bordão “American way” aos quadrinhos, a frase na verdade remonta à transição do Superman para o rádio, na década de 1940, e para a TV, na década de 1950.

Como escreveu Erik Lundegaard no jornal The New York Times, quando o programa de rádio estreou durante a Segunda Guerra Mundial: “Estávamos todos lutando pelo jeito americano. Por que o Superman não deveria?”

Mas nas décadas seguintes, os cineastas brincaram com o uso da frase.
No filme de 2006 “Superman – O Retorno”, o editor do Daily Planet Perry White pergunta sobre Superman, que está de volta após uma longa ausência: “Ele ainda defende a verdade, a justiça, todas aquelas coisas?”

Mais recentemente, o filme “Homem de Aço”, de 2013, retratou Superman como tendo uma relação tensa com o governo dos EUA, que aborda com cautela a noção de um visitante estrangeiro com poderes extraordinários, perguntando como alguém pode ter certeza de que ele não agirá contra os interesses do país.

“Eu cresci no Kansas, General”, diz Superman, interpretado por Henry Cavill. “Eu sou o mais americano possível.”

O novo lema não é a única mudança que o universo do Superman viu nesta semana. Na terça-feira, foi anunciado que Jon Kent é bissexual.

Na quinta edição da série de quadrinhos da DC “Superman: Son of Kal-El”, Jon Kent confirmará sua sexualidade, após se apaixonar por Jay Nakamura, um repórter masculino, anunciou a DC.

Mais Recentes da CNN