‘Let It Be’, último disco dos Beatles, completa 50 anos

Gravação da 12ª obra do Fab Four foi marcada por controvérsias entre John, Paul, George e Ringo; disco tem clássicos como 'Get Back', e 'Across the Universe'

Álbum 'Let It Be', dos Beatles, completa 50 anos
Álbum 'Let It Be', dos Beatles, completa 50 anos Foto: Reprodução/ thebeatles.com

Ouvir notícia

O disco “Let It Be”, último LP lançado pelos Beatles, completa 50 anos nesta sexta-feira (8). A 12ª obra do Fab Four, que liderou as paradas no Reino Unido e nos Estados Unidos, chegou às lojas quase um mês após a separação do grupo

O disco, no entanto, não foi o último gravado por eles. Isso aconteceu com “Abbey Road”, que foi lançado, antes, em setembro de 1969.

A criação de “Let It Be” foi marcada pelas controvérsias entre John, Paul, George e Ringo. No final de 1968, dois anos após a última turnê do grupo, Paul queria que a banda viajasse novamente, o que foi recebido com menos entusiasmo pelos colegas, especialmente depois das tensões causada nas sessões anteriores em estúdio.

Em 2 de janeiro de 1969, os ensaios começaram no Twickenham Film Studios, no sudeste da Inglaterra. As tensões cresceram tanto que George chegou a sair do grupo.

Leia e ouça também:

Ouça o disco “Let It Be” na sua plataforma de áudio favorita

Confinados, Rolling Stones lançam música inédita após 8 anos e surpreendem fãs

As sessões foram retomadas em 23 de janeiro após o retorno de George, dessa vez em um novo endereço: no Apple Studio, em Londres.

O álbum, que tem músicas clássicas como “Get Back”, “The Long and Winding Road”, “Across the Universe”, além da faixa título “Let It Be”, foi lançado em 8 de maio de 1970, junto com um documentário homônimo.

Celebração

Para comemorar o 50º aniversário de “Let It Be” está previsto para ser lançado, em 4 de setembro de 2020, o filme “The Beatles: Get Back”, do diretor neozelandês Peter Jackson.

O documentário promete trazer imagens inéditas das polêmicas sessões “Let It Be” nos estúdios Twickenham e Apple, além da lendária performance no telhado – a Rooftop Concert de 30 de janeiro de 1969 –, a última vez que os quatro tocaram ao vivo.

Com informações da CNN e da Reuters

Tópicos

Mais Recentes da CNN