Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    “MaXXXine”: tudo sobre o terror continuação de “Pearl” e “X”

    Filme estrelado por Mia Goth e dirigido por Ti West chega aos cinemas brasileiros na quinta-feira (11)

    "Maxxxine" é o último filme da trilogia de terror que conta com os filmes “X – A Marca da Morte” e “Pearl”
    "Maxxxine" é o último filme da trilogia de terror que conta com os filmes “X – A Marca da Morte” e “Pearl” Divulgação/Universal Pictures

    Nicoly Bastosda CNN

    O filme “MaXXXine”, último longa da trilogia de terror que conta com os filmes “X – A Marca da Morte” e “Pearl”, ambos lançados em 2022, chega aos cinemas brasileiros na quinta-feira (11) e promete encerrar (pelo menos até o momento) a história de Maxine Minx em sua jornada para se tornar uma grande estrela de Hollywood.

    “MaXXXine” é uma sequência direta de “X – A Marca da Morte” (primeiro filme da trilogia lançado) que, por sua vez, é uma continuação de “Pearl”. Todas três produções são dirigidas por Ti West e protagonizadas pela atriz Mia Goth.

    Em “Pearl”, a personagem homônima ao filme deseja uma vida glamorosa que vê nos filmes, e não mede esforços para conseguir o que quer.

    Já em “X”, a personagem de Maxine surge pela primeira vez e entra em um embate direto com Pearl — com direito a sangue, morte e muita luta pela sobrevivência.

    Saiba tudo sobre “MaXXXine”, filme que encerra trilogia de Ti West

    Enredo de “MaXXXine” e o legado de seus antecessores

    “MaXXXine” acompanhará a ambiciosa Maxine, a única sobrevivente de um terror vivido na zona rural do Texas – acontecimento relatado em “X”. Ela agora segue seu caminho em Los Angeles com o plano de se tornar uma famosa atriz dos anos 1980. No entanto, além dos assombros do passado, a personagem voltará a ser perseguida por um obstáculo mortal, dessa vez representado por um assassino em série denominado de “Night Stalker”.

    A história também mostrará o destino de Maxine, ou seja, se o estrelato almejado em Hollywood realmente será conquistado pela personagem.

    Elenco estrelado

    Além de Mia Goth, o elenco estrelado conta com a cantora Halsey e os atores Lily Collins (“Emily in Paris”), Elizabeth Debicki (“The Crown”), Michelle Monaghan (“Missão Impossível”), Bobby Cannavale (“Bem-Vindos à Vizinhança”), Giancarlo Esposito (“Breaking Bad”) e Kevin Bacon (“Footloose”) acrescentando à história.

    Referência a “Psicoce”

    Já mostrado no trailer, na história Maxine esbarrará com o “Bates Motel”, famoso local de hospedagem retratado na série homônima e em “Psicose”, clássico filme de terror de 1960. As duas produções, retratam, de forma diferente, a vida de Norman Bates, um verdadeiro assassino em série.

    No filme, o hotel é parte da cidade cenográfica onde Maxine grava seu novo filme. O local, de início, parece não passar de uma mera decoração à história. No entanto, acaba acrescentando mais à história conforme seu desenrolar.

    Um mistério sobre o grande vilão

    O trailer também apresenta o assassino “Night Stalker”. O nome é conhecido fora da ficção e tem uma certa coincidência com “MaXXXie”. Amplamente conhecido fora das telas, é um apelido para o assassino Ricardo Leyva Muñoz Ramírez, criminoso norte-americano que realizou assaltos, sequestros, estupros e assassinatos em série na região de Los Angeles e São Francisco, nos Estados Unidos, entre 1984 e 1985 – mesmo ano e local em que se passará “MaXXXine”.

    O assassino chegou a ganhar uma minissérie documental na Netflix em 2021.

    No terror, o criminoso persegue mulheres em busca de encontrar a grande Maxine. O final da história trará respostas do motivo pelo qual o assassino em série tem tudo a ver com o desfecho da jovem aspirante a grande estrela.

    Vale a pena ver? As principais críticas sobre “MaXXXine”

    No Rotten Tomatoes, site responsável por reunir a opinião da crítica especializada, o filme está com 75% de aprovação.

    O consenso geral da crítica afirma que o longa é “inebriante com seu estilo máximo, um pouco irregular, mas vibrante, que atravessa o coração de Hollywood com um estilete”.

    “Com base nos seus antecessores, “MaXXXine” diz-nos que o verdadeiro monstro não é um maluco empunhando uma faca, mas a própria ambição”, escreveu Jeannette Catsoulis, do portal New York Times.

    “Pode ser o mais fraco dos três, mas esse fato diz menos sobre a qualidade dessa fetichização em particular e mais sobre o alto padrão que West e Goth estabeleceram em seus capítulos anteriores”, pontuou David Fear, da revista Rolling Stone.

    “Avançando em classe em termos de elenco, o filme funciona melhor como uma ode ao cinema e à sujeira de Hollywood dos anos 1980, e um pouco menos como um mistério construído em torno de sua obstinada estrela em ascensão”, disse Brian Lowry, da CNN, por sua vez.

    Vai ter um novo filme sobre a história?

    A ideia de “MaXXXine” é, de fato, encerrar uma trilogia começada por “X”. No entanto, em entrevista ao site norte-americano “The Playlist”, Ti West não descartou a possibilidade de fazer mais um filme sobre o universo.

    “Eu acho que seria interessante me afastar desses filmes, e depois retornar a eles, porque estou muito orgulhoso deles, e acho que Mia também está. Mas eu não quero dizer que não poderíamos fazer outro filme”, ressaltou.

    “Às vezes, você só consegue levar uma ideia até certo ponto. Eu sempre acho que a versão britânica de ‘The Office’ é o melhor exemplo. Eu adoraria ter mais daquela série, mas parte do motivo pelo qual eu amo aquela série é porque ainda penso em querer mais dela”, concluiu.

    Confira o trailer de “MaXXXine”