Com metade da equipe infectada por Covid-19, Adele chora ao cancelar shows

A residência de shows da cantora em Las Vegas começaria nesta sexta-feira (21)

Adele cancela shows devido a surto de Covid-19 entre sua equipe
Adele cancela shows devido a surto de Covid-19 entre sua equipe Reprodução/Instagram

Luana Franzãoda CNN*

São Paulo

Ouvir notícia

A cantora Adele publicou nesta quinta-feira (20) um vídeo chorando em suas redes sociais, onde anuncia que ela e sua equipe tomaram a decisão de adiar os shows programados para os próximos dias.

Ela faria uma residência em Las Vegas, no hotel e cassino Ceasar’s Palace, um dos mais luxuosos da cidade, com shows começando nesta sexta-feira (21) e terminando apenas em abril. Outras estrelas que já fizeram residências no The Colosseum, casa de shows do hotel, são Celine Dion e Mariah Carey.

Adele afirmou que o anúncio repentino do cancelamento – a menos de 24 horas do primeiro concerto – é justificado pelas tentativas de ajustar os planos para fazer o espetáculo acontecer. “Peço desculpas por ser de última hora. Estamos acordados há mais de 30 horas tentando resolver, e agora não temos mais tempo”, disse a artista.

Ela ainda revelou que metade de sua equipe está infectado com a Covid-19, o que tornou “impossível” montar o show. “Não posso entregar o que temos agora”, desabafou.

“Estou devastada. Estou muito chateada, muito envergonhada, e peço mil desculpas para quem viajou [para ver o show]”, disse.

A cantora afirmou que todas as datas serão remarcadas e que seu time está trabalhando nisso imediatamente.

A turnê faz parte da divulgação do trabalho mais recente da cantora, o álbum “30”, lançado em novembro de 2021.

*Sob supervisão

Mais Recentes da CNN