Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Morre atriz Ilva Niño, aos 89 anos; relembre personagens marcantes

    Artista pernambucana ficou conhecida por trabalhos em novelas como "Roque Santeiro", "Senhora do Destino" e "Saramandaia"

    Ilva Niño começou a atuar nas telinhas na década de 1970
    Ilva Niño começou a atuar nas telinhas na década de 1970 Divulgação/TV Globo

    Mariana Valbãocolaboração para a CNN

    Morreu aos 89 anos nesta quarta-feira (12) a atriz pernambucana Ilva Niño, que fez sucesso por diversos trabalhos na teledramaturgia brasileira, como as personagens que interpretou em novelas como “Roque Santeiro” e “Senhora do Destino”.

    Com mais de 50 anos de trabalho como atriz, Ilva acumulando folhetins na carreira desde a década de 1970. Ela chegou a dar vida a personagens de empregada doméstica, cangaceira, governanta.

    Também venceu os prêmios de Melhor Atriz, no 1º Festival de Amadores Nacionais, em 1957, por seu papel na peça “O Auto da Compadecida” e por Contribuição à Arte, no Festival de Cinema de Triunfo, em 2018.

    Atualmente, o público pode assistir à atriz em ação na reexibição da novela “Cheias da Charme”, da TV Globo. Ela interpreta Maria Epifânia, funcionária da cantora Chayene (Cláudia Abreu).

    Relembre abaixo alguns personagens de Ilva Niño

    Mina (Roque Santeiro) – 1985

    Em um dos papéis mais marcantes na teledramaturgia brasileira, Ilva Niño intepretou a personagem Mina, que era empregada doméstica da protagonista Viúva Porcina (Regina Duarte).

    Ilva Niño na novela “Roque Santeiro”, de 1985 / Foto: Divulgação/TV Globo

    Dona Bil (Senhora do Destino) – 2004

    Em 2004 na novela “Senhora do Destino”, Ilva interpretou a personagem Dona Bil, Vizinha de Maria do Carmo (Carolina Dieckmann) no Nordeste.

    Marli (Sete Pecados) – 2007

    Em “Sete Pecados”, a personagem Marli (Ilva Niño) vive magoada com a ingratidão de Beatriz (Priscila Fantin), já que foi empregada da sua casa e ajudou a criá-la.

    Cândida (Cordel Encantado) – 2011

    Mãe do cangaceiro Capitão Herculano, Ilva Niño viveu a cangaceira Cândida, em “Cordel Encantado”, novela de 2011.

    Cândida era avô de Jesuíno (Cauã Reymond) / Divulgação/TV Globo

    Maria Epifânia (Cheias de Charme) – 2012

    Em “Cheias de Charme”, a personagem Maria Epifânia chegou a prestar seus serviços para Chayene (Cláudia Abreu) duas vezes, como empregada doméstica e parteira.

    Maria Epifânia era mãe dos personagens Naldo e Socorro / Divulgação/TV Globo

    Cleide (Saramandaia) – 2013

    Além dos diversos papéis como empregada doméstica, a atriz deu vida à governanta Cleide, no remake de “Saramandaia”, exibido em 2013.

    Ilva viveu uma governanta em remake de “Saramandaia” / Divulgação/TV Globo

    Damiana (Malhação) – 2016

    Na trama juvenil de 2016, Ilva Niño deu vida à Damiana, avó da protagonista Joana (Aline Dias).

    Ilva Ninõ participou de “Malhação”, 2016 / Divulgação/TV Globo