Morre Taylor Hawkins, baterista do Foo Fighters, aos 50 anos

Informação foi divulgada nas redes sociais da banda, que se apresentaria neste domingo no Lollapalooza

Tiago Tortellada CNN

Ouvir notícia

O Foo Fighters informou neste sábado (26) que o baterista Taylor Hawkins, integrante da banda, morreu aos 50 anos. A causa não foi divulgada.

O grupo estava programado para se apresentar neste domingo (27) no Lollapalooza, em São Paulo. A organização do festival não se pronunciou oficialmente sobre um possível cancelamento do show.

“A família Foo Fighters está devastada pela trágica e prematura perda de nosso amado Taylor Hawkins”, escreveu a banda.

“Seu espírito musical e risada contagiante vão viver em nós para sempre”, continua o texto.

De acordo com o comunicado, Hawkins deixa a esposa e filhos. O Foo Fighters pediu privacidade e respeito durante este “momento inimaginavelmente difícil”.

A banda também estava programada para se apresentar em Bogotá, na Colômbia, no Festival Estereo Picnic na sexta-feira (25). Mais tarde, velas foram colocadas no palco principal do evento como uma vigília, e as telas em cinco palcos projetaram a mensagem “Taylor Hawkins para sempre”.

Além disso, eles participariam do Grammy Awards, em Las Vegas, em 3 de abril.

Em nota, o Lollapalooza Brasil disse que “não há palavras para descrever o que ele significou para nós e todos os fãs de música ao redor do mundo”, estendendo “amor e apoio incondicional à família e sua equipe”.

Taylor Hawkins nasceu no Texas, Estados Unidos, e fez sua estreia no Foo Fighters em 1997, na turnê do álbum The Color and the Shape.

O baterista também participou de álbuns vencedores do Grammy, incluindo There Is Nothing Left To Lose, One by One e Wasting Light, e contribuiu com os vocais principais das músicas “Sunday Rain” e “Cold Day In The Sun”, dos álbuns Concrete e Gold e In Your Honor, respectivamente.

O Foo Fighters entrou no Hall da Fama do Rock & Roll no ano passado, no seu primeiro ano de elegibilidade. Antes de integrar a banda, Hawkins fez parte do grupo Alanis Morissette.

Repercussão no mundo da música

Pelo Instagram, a cantora norte-americana Miley Cyrus, destaque deste sábado no Lollapalooza Brasil, lamentou a morte de Hawkins e disse que seu show será dedicado ao baterista.

Ringo Starr, ex-Beatle, e Ozzy Osbourne também se pronunciaram sobre o caso pelo Twitter. Osbourne ressaltou a “boa pessoa e incrível músico” que foi Taylor Hawkins.

Machine Gun Kelly, artista que se apresentou no Lollapalooza Brasil na sexta, também lamentou a morte do integrante do Foo Fighters.

Tom Morello, guitarrista do Rage Against The Machine, disse que amava “seu espírito e imparável força do rock”.

*com informações da CNN

Mais Recentes da CNN