Museu da Justiça no RJ exibe exposição sobre Holocausto apenas para vacinados

Como o local se transformou em posto de vacinação, a dose do imunizante pode ser recebida no próprio museu

Museu da Justiça no RJ exibe exposição sobre Holocausto
Museu da Justiça no RJ exibe exposição sobre Holocausto Foto: CNN

Camila Portes e Elis Barreto, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Somente quem for se vacinar contra Covid-19 no posto instalado dentro do Museu da Justiça, no Centro da cidade do Rio de Janeiro, poderá apreciar a exposição “Nossa Luta: a perseguição aos negros durante o Holocausto”, que voltou a ser exibida no Museu.

Para o presidente do Tribunal de Justiça do Rio, desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira, a exposição traz mais uma luz sobre o racismo e genocídio no período nazista. 

“O conhecimento da história é muito importante para que repensemos nossos preconceitos e entendamos suas consequências”, explica o desembargador.  

A bancária Solange Santoro, foi se vacinar na hora do almoço e mesmo na correria conseguiu apreciar as obras rapidamente.  

“Achei uma iniciativa muito bacana. Adorei!”, disse sorrindo enquanto segurava um algodão no braço vacinado.  

As obras já passaram por Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. No Rio, ela foi inaugurada inicialmente no Museu da Justiça, em março do ano passado. Mas logo em seguida foi suspensa por conta das medidas restritivas impostas pela Prefeitura do Rio.  

Com a abertura do museu como posto de vacinação a exposição voltou a ser exibida.  

Museu da Justiça no RJ exibe exposição sobre Holocausto
Museu da Justiça no RJ exibe exposição sobre Holocausto
Foto: Camila Portes/CNN

A mostra é promovida pelo Museu do Holocausto de Curitiba em realização conjunta entre o Goeth Institut Rio de Janeiro, a Associação Religiosa Israelita do Rio de Janeiro (ARI) e a Associação Scholem Aleichem (ASA) e está aberta para visitação de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no horário da vacinação.

Mais Recentes da CNN