Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Nando Reis comemora 60 anos: conheça hits de Skank, Cássia Eller e outros escritos pelo cantor

    Cantor paulistano tem mais de 270 músicas autorais registradas no banco de dados do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad)

    Nando Reis comemora 60 anos
    Nando Reis comemora 60 anos Carol Siqueira

    Léo Lopesda CNN

    em São Paulo

    O cantor Nando Reis comemora, nesta quinta-feira (12), seu aniversário de 60 anos.

    “60 anos não é pouco, embora eu ainda pretenda viver muito. A vida é uma misto de controle e imprevisibilidade. E com esses 60 vou fazer um bocado de coisas. Obrigado pelas mensagens e homenagens carinhosas que tenho recebido. É uma felicidade fazer 60 em tão boa companhia”, escreveu nas redes sociais.

    Celebrado por sua trajetória na música brasileira, seja na carreira solo ou como um dos Titãs, o paulistano ruivo de óculos arredondados tem mais de 270 músicas autorais registradas no banco de dados do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad) – além de quase 1.175 gravações.

    Dessa lista, muitas composições de Nando Reis se tornaram hits na voz de outros intérpretes. Relembre abaixo algumas de suas parcerias musicais famosas.

    Jota Quest

    De acordo com o Ecad, a música de Nando Reis mais escutada e mais regravada nos últimos 10 anos é justamente uma que foi popularizada na voz de outro artista.

    É a interpretação de “Do Seu Lado” feita pela banda mineira Jota Quest. A música acompanha os shows da banda de Rogério Flausino desde a gravação no álbum “MTV ao Vivo: Jota Quest”, em 2003.

    Skank

    Uma parceria que se firmou como altamente produtiva e popular foi com o vocalista do Skank, Samuel Rosa.

    Por exemplo, de acordo com o Ecad, das 20 músicas mais tocadas de Nando Reis nos últimos 10 anos, sete foram com seu colega mineiro.

    Os dois se conheceram em gravações do programa “Rockgol” da extinta MTV e, na festa de confraternização, decidiram que escreveriam juntos.

    Entre as mais famosas produções dessa parceria estão, por exemplo, “Sutilmente”, lançada pelo Skank no álbum “Estandarte” (2008), ou “Esquecimento” e “Ela Me Deixou”, do álbum “Velocia” (2014), e até mesmo o hit de 1998, “Resposta” – cujos versos surgiram baseados no término de Nando com sua então namorada Marisa Monte.

    Eles também escreveram muitas canções que viraram grandes sucessos ao figurarem na trilha sonora de novelas nacionais.

    São os casos de “Ainda gosto dela”, “Dois Rios” ou “É uma partida de futebol”.

    Cássia Eller

    Uma das grandes parcerias e amores da vida de Nando Reis foi sua amiga Cássia Eller.

    Os dois se conheceram nos anos 1990, no Rio de Janeiro, na Urca, na casa de Marisa Monte.

    Em 1999, Nando produziu o álbum de Cássia “Com Você… Meu Mundo Ficaria Completo”. Nesse disco, Cássia interpretou várias composições do cantor, como “As Coisas Tão Mais Lindas”, “Infernal” e “Meu Mundo Ficaria Completo (Com Você).

    Outra canção que constou neste álbum é um dos maiores sucessos de Nando, a interpretação de “O segundo sol”.

    Nando também coproduziu um dos álbuns mais famosos da carreira de Cássia, o “Acústico MTV”, em 2001. Nele, a cantora interpretou canções assinadas por seu amigo como “E.C.T.”, “Luz dos Olhos” e outro sucesso, “Relicário”.

    O acordo entre eles era que Nando produziria três discos de Cássia Eller, mas os planos foram impactados pela morte precoce da cantora, vítima de um ataque cardíaco em 29 de dezembro de 2001.

    Em homenagem e com a autorização da família, Nando produziu em 2002 um álbum póstumo, “Dez de Dezembro”, dia do aniversário de Cássia.

    O lançamento trouxe uma faixa com Cássia interpretando outro hit de Nando, “All Star”, composta justamente sobre a relação deles.

    Outras parcerias

    O namoro de poucos anos vivido entre Nando Reis e Marisa Monte nos anos 1990 gerou frutos conhecidos da Música Popular Brasileira (MPB.

    Por exemplo, a dupla escreveu a canção “Onde Você Mora”, que ficou famosa na voz de Toni Garrido com a banda Cidade Negra.

    Nando também assina a música “Ainda Lembro”, lançada por Marisa em parceria com o cantor Ed Motta no álbum “Mais”, em 1991.

    Composições de Nando Reis mais tocadas nos últimos 10 anos no Brasil

    • 1 – Do seu lado – Nando Reis
    • 2 – O segundo sol – Nando Reis
    • 3 – Onde você mora – Marisa Monte / Nando Reis
    • 4 – All star – Nando Reis
    • 5 – Por onde andei – Nando Reis
    • 6 – Sutilmente – Samuel Rosa / Nando Reis
    • 7 – Resposta – Samuel Rosa / Nando Reis
    • 8 – Marvin – Sergio Britto / General N Johnson / Ronald Dunbar / Nando Reis
    • 9 – Luz dos olhos – Nando Reis
    • 10 – Esquecimento – Samuel Rosa / Nando Reis
    • 11 – Pra dizer adeus – Toni Bellotto / Nando Reis
    • 12 – Os cegos do castelo – Nando Reis
    • 13 – Relicário – Nando Reis
    • 14 – Ainda lembro – Marisa Monte / Nando Reis
    • 15 – Pra você guardei o amor – Nando Reis
    • 16 – Ela me deixou – Samuel Rosa / Nando Reis
    • 17 – Ainda gosto dela – Samuel Rosa / Nando Reis
    • 18 – Dois rios – Samuel Rosa / Lô Borges / Nando Reis
    • 19 – Sei – Nando Reis
    • 20 – É uma partida de futebol – Samuel Rosa / Nando Reis

    Em 2023, Nando Reis voltará a subir ao palco com o Titãs para a turnê de comemoração de 40 anos da banda.

    Arnaldo Antunes, Nando Reis, Paulo Miklos e Charles Gavin vão se reunir a Branco Mello, Tony Bellotto e Sérgio Britto para dez shows entre abril e junho de 2023. Liminha vai substituir o guitarrista Marcelo Fromer, morto em um acidente em 2001.

    No dia 28 de abril abrem a turnê na Jeneusse Arena no Rio de Janeiro e dia 29 no Expo Minas em Belo Horizonte. Dia 5 de maio tocam no Hard Rock Live em Florianópolis, dia 6 no anfiteatro do Beira-Rio em Porto Alegre.

    No fim do mês passam pela Arena Fonte Nova em Salvador (27) e em junho tocam no Classic Hall, no Recife (2) no Marina Park em Fortaleza (3), no Arena BRB do Mané Garrincha em Brasília (7), na Pedreira Paulo Leminski em Curitiba (10) e no Allianz Parque em São Paulo (17).

    Titãs fazem turnê com sua formação clássica em 2023 / Divulgação/Bob Wolfenson