Noah Schnapp, de Stranger Things, conta que é gay: “Sou mais parecido com Will do que imaginava”

Em publicação no TikTok, um dos protagonistas da maior franquia da Netflix disse que familiares e amigos já sabiam sobre sua sexualidade "depois de ficar no armário com medo por 18 anos"

Ator Noah Schnapp interpretando Will em cena da terceira temporada de Stranger THings.
Ator Noah Schnapp interpretando Will em cena da terceira temporada de Stranger THings. Cortesia de Netflix

Léo Lopesda CNN

O ator Noah Schnapp, famoso pela série “Stranger Things”, contou que é gay em uma publicação no TikTok na noite desta quinta-feira (6).

O artista de 18 anos escreveu: “Quando finalmente contei a meus amigos e família que eu era gay depois de ficar no armário com medo por 18 anos e tudo o que eles disseram foi ‘nós sabemos'”.

A mensagem acompanhava um vídeo no qual Schnapp dublava um áudio da rede social que dizia: “Sabe o que nunca foi? Tão sério. Nunca foi tão sério. Francamente, nunca será tão sério.”

Ele ainda brincou na publicação ao dizer que acredita ser “mais parecido com Will do que imaginava” – em uma referência a seu personagem protagonista na produção carro-chefe da Netflix.

@noahschnappI guess I’m more similar to will than I thought♬ original sound – princessazula0

A sexualidade de Will

A sexualidade de Will é uma das grandes questões a serem abordadas na quinta e última temporada da produção dos irmãos Duffer – ainda sem data para lançamento.

Nos últimos episódios da quarta temporada, Will demonstra implicitamente ter sentimentos pelo melhor amigo Mike, com Schnapp segurando as lágrimas durante a cena.

Noah Schnapp intepreta Will em cena da quarta temporada de Stranger Things. / Netflix / Cortesia

O momento foi percebido por Jonathan, que tenta abrir um espaço seguro para o irmão, dizendo que sempre o amará por quem ele é.

De toda forma, Stranger Things escolheu finalmente encostar na questão da sexualidade de Will o fazendo abordar seus próprios sentimentos através de um exemplo do relacionamento de Mike com Eleven.

Após uma temporada tendo seu aniversário esquecido e poucas cenas de destaque, a quinta temporada servirá para responder se Will terá espaço o suficiente para abordar essa questão propriamente.

Quinta temporada de Stranger Things

Apesar de outros sucessos como “Bridgerton” e “Dahmer”, Stranger Things ainda é a maior franquia da plataforma e detém os maiores números registrados de audiência na história da Netflix.

Os irmãos Duffer, diretores de Stranger Things, já confirmaram que uma quinta temporada não apenas está confirmada, como será a última do show.

À frente, o ator Noah Schnapp interpretando Will em uma cena de Stranger Things na temporada 4.
À frente, o ator Noah Schnapp interpretando Will em uma cena de Stranger Things na temporada 4. / Cortesia de Netflix

Em uma carta aberta publicada em fevereiro do ano passado, os irmãos disseram: “Sete anos atrás, planejamos o arco narrativo completo para Stranger Things. Naquele momento, nós prevíamos que a história duraria de quatro a cinco temporadas. Ela se provou muito grande para ser contada em quatro.”

Ainda não há previsão para o lançamento dos próximos episódios da série. O intervalo entre as duas primeiras temporadas foi de um ano, lançadas em julho de 2016 e outubro de 2017, respectivamente. Já a terceira só veio após dois anos, em julho de 2019.

Por causa da pandemia, o tempo para a chegada da quarta temporada foi maior ainda, com lançamentos somente em maio e julho deste ano. No entanto, talvez a temporada final chegue antes do esperado pelos fãs.

Em entrevista recente, Matt e Ross Duffer disseram: “A diferença deve ser um pouco menor dessa vez, porque já temos um esboço inicial. E não podemos imaginar que haverá outro hiato forçado de seis meses.”

Elenco de Stranger Things durante Screen Actors Guild Awards em Los Angeles / 19/01/2020 REUTERS/Monica Almeida

Outro fator importante é que entre a primeira e a quarta temporada, a cidade fictícia de Hawkins percorreu o tempo de novembro de 1983 à março de 1986. No entanto, nesse período, os atores envelheceram cinco anos.

Para redimir os efeitos dos atores mais velhos, Ross Duffer já confirmou que haverá um salto temporal.

Executivos choraram

Em novembro, os criadores do programa, Matt e Ross Duffer, sugeriram o que está por vir durante um painel de discussão em Los Angeles.

Os irmãos Duffer disseram que lançaram a quinta e última temporada para a Netflix em uma reunião de duas horas, de acordo com o The Hollywood Reporter.

“Conseguimos que nossos executivos chorassem, o que achei um bom sinal de que esses executivos estavam chorando”, disse Matt Duffer. “As únicas outras vezes que os vi chorar foram em reuniões de orçamento”.

O painel da popular série Netflix foi moderado por Patton Oswalt. Além dos irmãos, a conversa incluiu o produtor executivo Shawn Levy e vários membros do elenco.

Cena da quarta temporada de Stranger Things. / Netflix / Cortesia

Ross Duffer disse que a produção estava “a todo vapor” com o primeiro roteiro já entregue e o trabalho acontecendo no segundo.

Ele fez referência aos muitos personagens do programa e à importância de encerrar suas histórias, algo que Levy também tocou.

“Como testemunha e tendo estado naquela sala de apresentação de duas horas e tendo lido este primeiro roteiro – estou paralisado com medo de estragar qualquer coisa, mas vou dizer que a coisa sobre esses Duffer Brothers é que, embora o programa tenha ficado tão famoso, os personagens tão icônicos e haja muito sobre os anos 80, o sobrenatural e o gênero, é sobre essas pessoas, é sobre esses personagens”, disse Levy.

“A quinta temporada já está claramente cuidando dessas histórias dos personagens porque essa sempre foi a força vital de ‘Stranger Things’”.