Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Nova série documental de Harry e Meghan pela Netflix será lançada na véspera de ano novo

    "Live to Lead" é inspirada em Nelson Mandela e apresentará entrevistas com vários rostos conhecidos, como os ativistas Albie Sachs e Greta Thunberg; o lançamento está previsto para o dia 31 de dezembro

    Capa da série documental apresentada por Harry e Meghan Markle.
    Capa da série documental apresentada por Harry e Meghan Markle. Divulgação/Netflix

    Hafsa Khalilda CNN

    Londres

    A Netflix anunciou seu próximo projeto com o príncipe Harry e Meghan, duquesa de Sussex – uma série documental inspirada em Nelson Mandela intitulada “Live to Lead”.

    Com lançamento previsto para 31 de dezembro, a série apresentará entrevistas com vários rostos conhecidos e famosos, desde a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern , e a jogadora de rugby sul-africana Siya Kolisi, até a falecida juíza da Suprema Corte dos Estados Unidos, Ruth Bader Ginsburg .

    Em um comunicado, a gigante do streaming resumiu a série de sete partes como líderes “extraordinários” refletindo sobre suas vidas, destacando os “valores fundamentais, disciplinas diárias e princípios orientadores que os líderes empregam para motivar os outros e criar mudanças significativas”.


    “Live to Lead” é produzido por Harry e Meghan em associação com a Fundação Nelson Mandela, disse.

    Geoff Blackwell, criador e diretor da série, disse no comunicado que ele e a co-produtora executiva Ruth Hobday queriam “honrar os valores de Mandela trazendo à tona as histórias de líderes que se distinguem por sua coragem moral, a convicção de seus ideais e valores , e sua priorização de outros.”

    Um trailer da série, lançado na segunda-feira (19), apresenta os sujeitos e os Sussex, com Harry citando Mandela dizendo: “’o que conta na vida não é o mero fato de termos vivido’”, e Meghan concluindo “é que diferença fizemos na vida de outras pessoas que determinarão o significado da vida que levamos”.

    Outros entrevistados incluem a ativista de mudanças climáticas Greta Thunberg , a ativista de justiça social Gloria Steinem e a ativista anti-apartheid e ex-juiz do Tribunal Constitucional da África do Sul Albie Sachs.

    Este projeto segue o lançamento da aguardada série documental “Harry & Meghan” na plataforma de streaming no início deste mês.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original