Conhecida pelo funk, Ludmilla aposta mais uma vez no pagode em novo trabalho

Em "Numanice #2", cantora carioca volta ao samba, faz declarações para a esposa e brinca com memes do passado

No novo trabalho, Ludmilla volta ao samba e se declara para a esposa
No novo trabalho, Ludmilla volta ao samba e se declara para a esposa Divulgação

Luana Franzãoda CNN*

Em São Paulo

Ouvir notícia

A cantora Ludmilla, mais conhecida pelos sucessos no funk e no pop nacional, lançou seu segundo álbum de pagode nessa quarta-feira (26).

“Numanice #2”, que leva o mesmo nome do primeiro trabalho, “Numanice”, traz músicas sobre romance, coração partido e festa. A cantora, que nunca escondeu a paixão pelo samba, disse em suas redes sociais que as canções foram feitas “de coração” e que espera que os fãs se divirtam as ouvindo.

Ludmilla dedicou músicas para sua esposa, a dançarina e influenciadora Brunna Gonçalves, com quem se casou em 2019. Em “Maldivas” e “212”, ela relembra momentos românticos entre as duas e se declara.

Em algumas das letras, Ludmilla fez acenos a eventos que ficaram marcados na internet. Em uma entrevista à apresentadora Marília Gabriela, em 2015, quando perguntada sobre seu maior medo, a cantora respondeu que seria “cair de moto e se ralar”, em contraste às respostas filosóficas tradicionalmente dadas no programa. O vídeo virou meme e é lembrado até os dias de hoje nas redes sociais.

Em uma das canções de “Numanice #2”, “Meu Desapego”, ela brinca e diz que “seu maior medo, é agora, de ralar o coração também”. O público percebeu e a cantora confirmou a referência em seu Twitter.

As composições são quase em sua totalidade feitas pela própria intérprete, e diferentemente do primeiro volume de “Numanice”, não trouxe participações especiais.

O nome, que pode parecer inusitado, na verdade vem de uma expressão popular, usando a palavra em inglês “nice”, que pode ser traduzida como “bom”. No vocabulário popular, estar “numa nice” pode ser interpretado como estar em uma fase tranquila, “curtindo” a vida.

Mais Recentes da CNN