Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Oliver Stone pede desculpas por chamar live-action de “Barbie” de “porcaria”

    Cineasta afirmou que ainda não havia assistido o filme quando fez as críticas

    Oliver Stone pede desculpas por críticas a filme "Barbie"
    Oliver Stone pede desculpas por críticas a filme "Barbie" Andreas Rentz/Getty Images// Divulgação

    Nicoly Bastosda CNN

    São Paulo

    O cineasta e roteirista norte-americano Oliver Stone usou as redes sociais na segunda-feira (22), para se desculpar por uma entrevista onde chamou o live-action de “Barbie” de “porcaria”. As críticas foram feitas antes do filme estrear nos cinemas.

    “Na época do lançamento, eu estava ocupado promovendo meu documentário nuclear na Europa e tinha pouco ou nenhum conhecimento do projeto além do título”, expressou Oliver Stone.

    A entrevista em questão foi realizada no portal City A.M. um mês antes do lançamento de “Barbie”, que ocorreu em 20 de julho de 2023. Ao veículo, Oliver afirmou que o live-action representava a “infantilização de Hollywood” e que Ryan Gosling não deveria ter aceitado o papel do boneco Ken.

    “Ryan Gosling está perdendo tempo se está fazendo essa porcaria por dinheiro. Ele deveria estar fazendo filmes mais sérios. Ele não deveria fazer parte dessa infantilização de Hollywood. Agora é tudo fantasia, fantasia, fantasia, incluindo todas as imagens de guerra: fantasia, fantasia. Até os filmes Velozes e Furiosos, que eu gostava, se tornaram como os filmes da Marvel”, disse ele.

    Depois de assistir ao filme, Oliver Stone mudou de opinião.

    “Pude ver Barbie no cinema em julho e apreciei o filme por sua originalidade e seus temas. Achei a abordagem dos cineastas certamente diferente do que eu esperava. Peço desculpas por falar ignorantemente. O filme de 2017 de Greta Gerwig, Lady Bird, foi um dos meus favoritos daquele ano. A bilheteria da Barbie elevou muito o moral do nosso negócio, o que foi bem-vindo”, disse ele em texto publicado no X (antigo Twitter).

    “Desejo a Greta e a todo time de Barbie boa sorte no Oscar”, finalizou Oliver.

    As indicações ao Oscar 2024 foram feitas nesta terça-feira (23), mas não incluíram todos os principais envolvidos em “Barbie” em sua lista de nomeações. Margot Robbie, protagonista, e Greta Gerwig, diretora do longa, ficaram de fora dos contemplados na premiação.

    Apesar de não ter sido indicado em duas das principais categorias do Oscar, “Barbie” recebeu oito indicações: melhor filme; melhor atriz coadjuvante (America Ferrera); melhor ator coadjuvante (Ryan Gosling); melhor roteiro adaptado; melhor design de produção; melhor figurino; e duas vezes por melhor canção original (com “I’m Just Ken” e “What Was I Made For”).