Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Paris Hilton revela ter sido dopada e estuprada aos 15 anos por homem mais velho

    Em entrevista à revista Glamour UK, a socialite conta detalhes do abuso sexual sofrido durante a adolescência

    Paris Hilton
    Paris Hilton Axelle/Bauer-Griffin/FilmMagic/Getty Images

    Lucas Rochada CNN

    em São Paulo

    A socialite Paris Hilton revelou detalhes de um caso de estupro que sofreu quando tinha 15 anos em entrevista à revista Glamour UK.

    Paris conta que morava com a avó materna em Palm Springs, mas que passava os finais de semana em Los Angeles com amigas, onde passeava no shopping Century City. Ela relata que, durante os passeios, era comum que homens mais velhos ficassem nas lojas conversando com elas e que acontecia trocas de número de pager na época.

    Em uma ocasião, Paris e as amigas foram convidadas para ir até a casa de um destes homens. Ela conta à Glamour UK que um dos homens foi particularmente insistente em fazê-la beber vinho.

    “Eu não bebia nem nada naquela época, mas quando tomei talvez um ou dois goles, imediatamente comecei a me sentir tonta e desorientada. Não sei o que ele colocou lá dentro, presumo que tenha sido um ‘roofie’ [Rohypnol]”, disse a socialite durante a entrevista.

    Ela afirma que se lembra de acordar algumas horas depois e descobrir que sua amiga tinha ido embora, mas que ela sabia que algo havia acontecido.

    “Eu lembrei. Eu tenho visões dele em cima de mim, cobrindo minha boca, dizendo: ‘Você está sonhando, você está sonhando’ e sussurrando isso no meu ouvido”, relata.

    Segundo Paris, o abuso foi sua primeira experiência sexual e fez com que ela se sentisse envergonhada e se fechasse. Após o crime, ela permaneceu dois anos em um internato.

    À revista, a socialite também fala sobre a experiência de um aborto quando tinha cerca de 20 anos. “Isso também era algo sobre o qual eu não queria falar porque havia muita vergonha em torno disso”, diz. “Eu era criança e não estava preparada para isso”. Ela afirma que ganhou voz para falar sobre o assunto com mudanças de perspectiva sobre o próprio poder de ativismo político.

    “Há tanta política em torno disso e tudo mais, mas é o corpo de uma mulher… Por que deveria haver uma lei baseada nisso? É o seu corpo, a sua escolha e eu realmente acredito nisso. É impressionante para mim que eles estão fazendo leis sobre o que você faz com sua saúde reprodutiva, porque se fosse o contrário com os caras, não seria assim de jeito nenhum”, diz.

    Em janeiro, Paris Hilton anunciou o nascimento de seu primeiro filho com o marido Carter Reum.

    A famosa postou uma foto da mão de um bebê segurando o polegar de uma mulher, e escreveu no Instagram: “Você já é amado além das palavras”, ao lado de um emoji de coração azul.