Perdemos mais um artista fundamental, diz Wilson Simoninha sobre Agnaldo Timóteo

Agnaldo Timóteo morreu aos 84 anos em decorrência de complicações relacionadas à Covid-19

Produzido por Bruno Oliveira, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN, o músico e compositor Wilson Simoninha destacou a importância de Agnaldo Timóteo na história musical do Brasil. O cantor morreu na manhã deste sábado (3) aos 84 anos, em decorrência de complicações relacionadas à Covid-19.

“Temos que lamentar, é muito triste o que está acontecendo no nosso país. Nossa cultura perde mais um artista fundamental da cultura popular”, disse Simoninha. 

“Ele representa o grande cantor romântico da alma brasileira, de uma geração de Cauby Peixoto, Angela Maria e Nelson Ned.”

Segundo o músico, Timóteo possuía uma grande versatilidade na voz, o que o possibilitava transitar por diversos tons na música. 

“O Agnaldo poderia ser de uma suavidade tremenda e ao mesmo tempo fazer tremer os estúdios com a sua força vocal”, afirmou.

Além disso, Simoninha também falou sobre a personalidade do cantor.

“Ele era uma pessoa muito polêmica, mas na realidade era muito doce e carinhoso”, explicou. 

“A verdade que ele carregava de se expor artisticamente com as suas ideias era algo da personalidade forte dele.” 

Músico Wilson Simoninha lamenta morte do cantor Agnaldo Timóteo
Músico Wilson Simoninha lamenta morte do cantor Agnaldo Timóteo (03.abr.2021)
Foto: Reprodução / CNN

Mais Recentes da CNN