Polícia anuncia prisão de 5 pessoas por roubo de cachorros de Lady Gaga nos EUA

Passeador dos cães, Ryan Fischer, foi baleado no peito durante o roubo dos animais, em Hollywood

Gaga ofereceu recompensa de US$ 500 mil pelos cães
Gaga ofereceu recompensa de US$ 500 mil pelos cães Foto: Reprodução/ Instagram

Jill Serjeant, da Reuters

Ouvir notícia

A polícia de Los Angeles anunciou nesta quinta-feira (29) que cinco pessoas foram presas suspeitas de terem participado do roubo dos cachorros da cantora Lady Gaga em fevereiro deste ano. 

Os cães, da raça bulldog francês, foram raptados à noite após o passeador ser baleado no peito. Os animais foram devolvidos ilesos após Gaga oferecer uma recompensa de US$ 500 mil (cerca de R$ 2,6 milhões).

O passeador, Ryan Fischer, disse posteriormente que sofreu “um quase encontro muito próximo com a morte”. Gaga estava fazendo um filme em Roma quando o roubo aconteceu. 

Fischer estava passeando com os três cães de Gaga em uma área residencial de Hollywood quando um carro parou ao seu lado e dois homens exigiram que ele entregasse os animais, segundo a polícia.

Fischer foi baleado uma vez pelos assaltantes, que fugiram de carro com dois dos cachorros. O terceiro escapou e foi encontrado depois pela polícia.

Mais Recentes da CNN