Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Quem é a modelo que viralizou após críticas por mostrar suas curvas em desfile de moda

    Americana Marissa Dubois, de 28 anos, falou à CNN sobre como lida com as críticas ao seu corpo

    Marissa Budois viralizou nas redes após usuário indicar que ela era obesa
    Marissa Budois viralizou nas redes após usuário indicar que ela era obesa Reprodução/Instagram

    Lyncon Pradellacolaboração para a CNN

    Florianópolis

    A modelo americana Marissa Dubois, de 28 anos, chamou atenção da web após um vídeo seu desfilando de biquíni em uma semana de moda na Flórida, nos Estados Unidos, viralizar nas redes sociais. A modelo, que tem um corpo apontado como fora dos estereótipos habituais para a profissão, foi chamada de “obesa” por um usuário das redes, o que gerou polêmica e debate sobre padrões de beleza nas redes sociais.

    Em uma publicação feita pela página “Daily Loud”, o usuário Marcus Wernesson disse que “obesidade não é saudável”, indicando que Dubois sofresse da condição.

    “Obesidade não é saudável, não é ‘natural’ e definitivamente não deveria ser normalizada”, escreveu

    Visualizado mais de 6,3 milhões de vezes, a publicação teve grande repercussão nas redes sociais, com mulheres saindo em defesa da modelo.

    À CNN, Dubois afirmou que o comentário de Marcus, e de outros que concordaram com ele, não a afetou.

    “Estar na indústria da moda definitivamente requer uma ‘pele dura’ e segurança em si. Então, ver pessoas criticando o meu corpo não me afeta muito. Não há nada de negativo que alguém possa me dizer que eu já não tenha dito a mim mesma no passado”, disse a modelo.

    “Além disso, houve muito mais feedback positivo do que negativo, então decidi focar nisso!”, acrescentou.

    Quem é Marissa Dubois

    Formada em Criminologia, Dubois revelou que começou a modelar depois de uma sugestão de seu pai.

    “Comecei a modelar em fevereiro de 2020; antes disso, havia feito algumas sessões de fotos apenas por diversão, mas sem levar a sério. Decidi começar a modelar porque meu pai sugeriu, depois que contei a ele que não queria seguir minha graduação em Criminologia”, explicou a modelo.

    “As pessoas sempre me disseram que eu era fotogênica, então meu pai achou que seria uma boa opção”, completou.

    Para além de uma simples modelo, a estadunidense também é produtora de conteúdo nas redes sociais, com mais de 1,5 milhão de seguidores em todas as plataformas. A ideia de entrar para o mundo digital surgiu durante uma de suas inúmeras viagens.

    “Após me formar na faculdade, viajei para o Marrocos, China e Tailândia em busca de ‘autoconhecimento’, porque não queria mais seguir a carreira que tinha obtido com a graduação. Durante minhas viagens, conheci nômades digitais, gerentes de mídia social, profissionais de marketing e outros. Eles abriram meus olhos para o fato de que o mundo inteiro estava se tornando digital”, disse.

    Inclusive, Dubois gerenciou as redes sociais de outras pessoas até decidir focar em si.

    “Eu sabia que queria uma carreira com liberdade de tempo e criatividade. Eu adorava tirar fotos e lidar com mídia social, então comecei meu próprio negócio administrando as redes sociais de outras pessoas. Até que finalmente decidi fazer isso para mim mesma em 2019. Foi quando comecei a levar mais a sério minhas redes sociais”, afirmou à CNN.

    Com mais visibilidade após a repercussão do seu desfile e com uma crescente carreira, quais são os próximos passos profissionais da modelo?

    “Continuar sendo consistente e trabalhando duro em minha carreira. Estou esperando ter a oportunidade de desfilar na Semana de Moda de Nova York e talvez até nas semanas de moda de Paris e Milão. Isso seria um sonho se tornando realidade”, finalizou Dubois.