Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Quem era Djidja Cardoso, ex-sinhá do Garantido que morreu em Manaus

    Artista do Festival de Parintins morreu nesta terça-feira (28); causa da morte não foi revelada

    Djidja Cardoso, ex-sinhazinha do Boi Garantido, morre aos 32 anos
    Djidja Cardoso, ex-sinhazinha do Boi Garantido, morre aos 32 anos Elcio Farias/Imprensa Garantido

    Carol Queirozda CNN

    em Manaus

    Dilemar Cardoso Carlos da Silva, que era conhecida como Djidja Cardoso, morreu nesta terça-feira (28), em Manaus. Ela foi uma figura emblemática do Festival Folclórico de Parintins, especialmente conhecida por seu papel como sinhazinha do Boi Garantido.

    Nascida em Parintins, uma cidade que vive e respira o folclore amazônico, Djidja desde muito jovem demonstrou uma paixão vibrante pelo boi-bumbá. A herança cultural ela herdou de sua família, natural da ilha.

    Recentemente Djidja contou em uma entrevista que foi Isabelle Nogueira, a cunhã-poranga do Garantido e ex-participante do Big Brother Brasil 2024 (BBB 24), a responsável por incentivá-la a participar do concurso para sinhazinha do Boi.

    “Quem me perturbou muito na época foi a Isabelle. Eu não queria. Já tinha participado de um concurso, aí eu perdi, então não queria mais. Ela disse: ‘Bora, amiga, bora participar do concurso.’ Ela mandava muitas mensagens dizendo que o não eu já tinha, que eu tinha que correr atrás do sim.”

    Depois de vencer o concurso, Djidja Cardoso defendeu o Item 7 (posição da Sinhã entre os pontos que são avaliados no Festival de Parintins na apresentação de cada boi) por quase 5 anos, de 2016 a 2020, quando deixou o cargo após a troca de diretoria do Boi Garantido.

    Durante a apresentação no Bumbódromo, a sinházinha representa a delicadeza e a beleza da mulher amazônica, e Djidja incorporou esse papel com graça e autenticidade. Suas apresentações eram aguardadas com grande expectativa, e ela rapidamente se tornou uma das favoritas do público.

    Depois de se aposentar das apresentações na arena, ela passou a trabalhar como empresária. Era sócia numa redes de salões de beleza em Manaus e Parintins. Djidja também utilizava suas redes sociais para compartilhar fotos do trabalho como empreendedora e influenciadora de vida fitness.

    Em 2021, Djidja participou do Peladão a Bordo, um reality show produzido em Manaus e exibido pela TV A Crítica, no qual foi campeã, se tornando a Rainha do Peladão daquele ano.