Rolling Stones homenageia Charlie Watts em primeiro show de nova turnê

Palco vazio, batidas de bateria e fotos de Watts num telão: o tributo prestado a Charlie Watts na primeira turnê dos Stones sem ele

Toyin Owosejeda CNN

Ouvir notícia

Os Rolling Stones marcaram seu primeiro concerto sem o falecido baterista Charlie Watts com uma emocionante homenagem no palco.

Mick Jagger, Keith Richards e Ronnie Wood honraram seu colega de banda de quase seis décadas quando finalmente deram início à turnê “No Filter”, adiada pela pandemia, no The Dome at America’s Center em St. Louis, Missouri, na noite de domingo.

O show abriu com um palco vazio e apenas batidas de bateria, com imagens e vídeos de Watts projetados em quatro enormes telas ao fundo.

Quando o grupo surgiu, Jagger compartilhou com um estádio lotado que “foi realmente muito emocionante, ver aquelas fotos de Charlie no telão”.

Watts, que atuou ao lado de Jagger, Richards e Wood por mais de 50 anos, morreu no mês passado aos 80 anos.

Um porta-voz do músico disse à CNN na época que Watts havia falecido calmamente em um hospital londrino, cercado por sua família, acrescentando que ele era “um dos maiores bateristas de sua geração”.

Já havia sido anunciado anteriormente que Watts não participaria da turnê devido a um procedimento médico não especificado.

Jagger deixou claro antes do concerto de domingo que a ausência de Watts no palco seria sentida.

“Devo dizer que, neste momento, é uma noite um pouco pungente para nós, porque é a nossa primeira turnê em 59 anos que fazemos sem o nosso adorável Charlie Watts. E todos sentimos muita falta do Charlie”, disse ele em um vídeo compartilhado no Instagram.

“Sentimos falta dele como banda, sentimos falta dele como amigo, dentro e fora do palco e temos tantas lembranças do Charlie – e tenho certeza que alguns de vocês que já nos viram antes também têm lembranças do Charlie”.

“Espero que vocês se lembrem dele como nós, então gostaríamos de dedicar este show ao Charlie”.

A lendária turnê de 13 datas da banda de rock britânica havia sido marcada para maio de 2020, antes que as restrições do coronavírus causassem o seu adiamento.

A banda está programada para fazer paradas na Flórida, Atlanta e Los Angeles antes de se apresentar por último em Austin, Texas, no dia 20 de novembro.

Steve Jordan, músico de turnê e associado de longa data dos Stones, substituirá Watts na bateria durante os shows.

Mais Recentes da CNN