Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Ryan Reynolds declara aberta a “guerra dos baldes de pipoca”; entenda

    Ator mostrou o item criado para estreia de "Deadpool e Wolverine"; veja outros competidores do ano

    Balde de pipoca com a cara do Wolverine
    Balde de pipoca com a cara do Wolverine Reprodução/Instagram

    Dan Hechingda CNN

    Ryan Reynolds, 47, revelou esta semana o que é indiscutivelmente o produto mais esperado e certamente cobiçado vinculado ao seu próximo filme “Deadpool & Wolverine”: o balde de pipoca do filme.

    Supostamente projetado pelo próprio Deadpool, o balde, modelado com a cara de Wolverine, apresenta uma grande abertura semelhante à boca escancarada do mutante de cura rápida, completa com a sugestão vulgar discreta de uma língua (afinal, é do famoso e inapropriado Deadpool).

    Em sua postagem nas redes sociais anunciando o item badalado, Reynolds escreveu: “Daqui a alguns anos, as pessoas olharão para 2024 como o ano em que a Guerra dos Baldes de Pipoca começou.”

    A que “guerra” ele poderia estar se referindo e por que o hype em torno desses recipientes de lanches de filmes, afinal? Os baldes de pipoca, caso você não tenha notado, estão tendo um grande momento — apesar de populares também no Brasil, os itens costumam ser diferentes dos vendidos nos cinemas americanos.

    A primeira rodada das batalhas de baldes de 2024, pode-se argumentar, foi vencida em março por um balde de pipoca de “Duna: Parte Dois” tão estranho que gerou uma esquete do Saturday Night Live.

    O apelo desses baldes — também chamados de “vasilhas de concessão” ou mesmo “veículos de concessão colecionáveis” para incluir recipientes de bebidas especiais e similares — é amplo, atraindo colecionadores experientes e fãs casuais de cinema.

    “Ver um item dos meus personagens favoritos me atrai”, disse o colecionador Shahji Adam por email enviado para a CNN. Adam, que também coleciona outros produtos da cultura pop, como bonecos Funko Pop, descreveu sua paixão por baldes de pipoca como “nostalgia divertida” por itens que o ajudam a lembrar a sensação de assistir a um filme específico pela primeira vez.

    Uma breve história do balde

    Os baldes de pipoca de marca começaram a aparecer na década de 1990 nos parques temáticos da Disney antes de chegarem aos cinemas em campanhas de marketing.

    Nels Storm, vice-presidente de estratégia de alimentos e bebidas da AMC e líder da equipe de mercadorias, aponta 2019 como um ponto de virada na evolução do navio de concessão de novidades.

    “Nós experimentamos versões de recipientes de pipoca de plástico e recipientes de bebidas com marca de filme por anos. O verdadeiro início do programa atual começou em 2019, quando apresentamos o recipiente R2-D2 ao público que vai ao cinema”, disse Storm, em referência aos famosos recipientes de pipoca em formato de androide que surgiram em apoio ao “Star Wars: Episódio 9 – A Ascensão Skywalker” daquele ano.

    Observando como os baldes R2-D2 esgotaram nas lojas da AMC em todo o país na noite de estreia, Storm acrescentou que “estava claro que havia um potencial maior neste espaço”.

    Desde então, outros baldes de pipoca em demanda incluem o carro Ghostbusters Ecto-1, o martelo Mjölnir de Thor, o Charger de Dominic Toretto, o chapéu Wonka e um carro Barbie, disse Storm.

    A AMC até trouxe de volta recentemente o balde de pipoca R2-D2 para o Dia Quatro de Maio deste ano, conhecido como o Dia de Star Wars, em apoio ao relançamento de “Star Wars: Episódio 1 – A Ameaça Fantasma”. Esse balde é o favorito de Adam, como visto em seu TikTok. “É gigantesco e eu adoro que a cabeça do R2 seja onde você coloca a bebida e o corpo seja para a pipoca!”, disse ele.

    Baldes de pipoca viram itens difíceis de encontrar

    Roland Romero, um devoto do balde de pipoca com uma playlist no YouTube de sua coleção impressionante, observou que os recipientes são globalmente populares e nem sempre fáceis de obter. Algumas redes de cinema podem estar fora da região ou disponibilizar os itens por um período limitado, disse Romero.

    “O único truque é que, para quase todos esses itens colecionáveis, os visitantes que desejam obter as últimas novidades vão querer ter certeza de que estão assistindo ao filme no fim de semana de estreia e, em muitos casos, na noite de estreia”, observou Storm.

    Ele acrescentou que os baldes R2-D2 esgotaram nas duas vezes em que foram disponibilizados ao público e que o recipiente de pipoca do carro Ecto-1 “sumiu dos cinemas durante as horas iniciais” da noite de estreia de “Ghostbusters Afterlife” em novembro de 2021.

    O que vem a seguir nesta ‘guerra’ de baldes

    As redes de cinema estão ansiosas para atrair o público para vir e comer pipoca no cinema em vez de em seus sofás em casa, o que significa que mais porta-lanches atrevidos virão.

    “O céu é o limite”, com o que as coisas podem fazer, disse Storm, acrescentando que a AMC está “sempre ultrapassando limites” para tornar a ida ao cinema um evento divertido e que vale a pena.

    E se você achou que alcançar a boca gigante de um verme da areia de Arrakis era nojento, espere até que outros itens de merchandising relacionados ao terror cheguem.

    Adam disse que, por ser fã de filmes de terror, está animado com o balde de “Alien: Romulus”, que dizem ter a forma de um Xenomorfo — ou o extraterrestre extremamente perigoso e nojento, de duas bocas e ácido por sangue no centro dessa franquia histórica. Esteja avisado. A batalha continua.

    Este conteúdo foi criado originalmente em Internacional.

    versão original