Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Segurança de Taylor Swift lutará contra o Hamas em Israel

    Um dos funcionários de Taylor Swift deixou a própria nação para lutar a favor de Israel; país sofreu uma ofensiva surpresa no último dia 07

    Taylor Swift
    Taylor Swift Reprodução/Taylor Swift/Instagram

    Laís Seguincolaboração para a CNN

    Um dos seguranças que trabalhou com a cantora norte-americana Taylor Swift durante toda a turnê mais recente dela, a ‘The Eras, decidiu deixar o trabalho para trás e lutar a favor de Israel no conflito contra o Hamas, movimento islamista palestino. As informações são da Variety, revista com foco em entretenimento.

    De acordo com a apuração da Variety, o rapaz teria se juntado às FDI (Forças de Defesa de Israel) e pediu para que o seu nome não fosse divulgado pela imprensa. Taylor Swift não se pronunciou sobre o assunto e não publicou qualquer mensagem em relação à situação que envolve os países.

    “Tive uma ótima vida nos EUA. Consegui um emprego dos sonhos incrível que adoro, ótimos amigos que chamo de família e uma casa muito confortável. Eu não precisava vir… mas não poderia ficar de fora enquanto famílias são massacradas e queimadas vivas em suas casas! Apenas por ser judeu ou por ser israelense”, o segurança comunicou em nota.

    “Enquanto um lado protege bebês, crianças e idosos, o outro lado os usa como escudos humanos! Será um insulto aos animais em todo o mundo chamá-los de ‘animais’, mas esses não são seres humanos. Eles mataram e massacraram famílias em suas camas ao lado dos seus animais de estimação! E então eles incendiaram as casas! Tente imaginar isso acontecendo em sua própria vizinhança, com seus vizinhos ou com uma família que você conhece. Não estou apenas aqui com Israel. Estou aqui com a humanidade”, conclui.