Série da Netflix corta do elenco personagem que faria doméstica latina após críticas

Atriz Ada Maris disse à Variety que considerava a personagem humilhante e unidimensional

Sede da Netflix, em Los Angeles, EUA
Sede da Netflix, em Los Angeles, EUA Bing Guan/Bloomberg via Getty Images

Harmeet Kaurda CNN

Ouvir notícia

A próxima série de comédia da Netflix “Uncoupled”, estrelada por Neil Patrick Harris, não apresentará mais uma personagem doméstica latina depois que foram feitas críticas ao papel por ser “estereotipado e monótono”.

Ada Maris, conhecida por seus papéis em séries de TV como “Mayans MC” e “Nurses” e no filme de 1986 “Sobre ontem à noite”, disse à Variety que considerava a personagem humilhante e unidimensional e que ficou surpresa ao ver esse papel depois de alguns avanços recentes na representação dos latinos.

“Quando abri e vi que não era nem engraçado – foi doloroso e depreciativo – fiquei chocada porque entrei esperando algo muito diferente, dada a forma como as coisas são hoje em dia e o progresso que fizemos”, disse Maris em entrevista à publicação.

“Uncoupled” foi criado por Darren Star, que também está por trás dos programas de TV “Beverly Hills, 90210”, “Sex and the City” e “Emily in Paris”.

A série traz um homem chamado Michael, interpretado por Harris, que é pego de surpresa quando seu marido o abandona depois de 17 anos, e agora deve enfrentar a dissolução de seu casamento e a vida de solteiro na cidade de Nova York como um homem gay de 40 anos.

Ada Maris
Ada Maris escreveu carta aberta onde critica estereótipo de mulher latina em séries / Dominik Bindl/Getty Images)

Maris viu partes do roteiro do primeiro episódio com uma personagem chamada Carmen, que é governanta do personagem Michael. Na primeira cena, de acordo com a Variety, Carmen é apresentada como “quase histérica ao telefone”, ligando para Michael para dizer em um inglês ruim que ela suspeita que seu apartamento foi roubado.

“Senhor, acabei de chegar aqui e eles roubaram!” seria sua fala. “Eles roubaram! Eles roubaram você! Não sei como eles entraram.”

Na segunda cena, relatou à Variety, Carmen repreende Michael pela maneira como ele lavou um copo, dizendo: “Não, eu faço isso. Você não limpa bem, você sempre deixa uma sujeira.”

Ler o papel de Carmen deixou Maris tão indignada, que ela escreveu uma carta aberta a Star e Harris.

“Estou farta”, disse ela. “Se não vou dizer nada agora, quando vou dizer alguma coisa? Eu só quero que os escritores pensem na próxima vez que escreverem um personagem como esse. Estou falando pelos atores mais jovens que estão chegando, então eles enfrentam ainda menos do que a minha geração.”

Harris é o produtor executivo da série, mas não se envolveu em escrever ou escalar o papel da governanta latina, informou a Variety.

A CNN entrou em contato com a Netflix para comentar. O serviço de streaming disse, em um comunicado à Variety, que pediu desculpas a Maris e que o personagem havia sido retirado do programa.

(Texto traduzido, leia original em inglês aqui)

Mais Recentes da CNN