Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Um Sol de assar pudim? Com o forno solar do Manual do Mundo dá certo!

    Equipamento feito de caixas de papelão consegue passar de 90°C usando somente o calor e a luz emitidos pelo Sol

    Manual do Mundoda CNN

    Sabe quando alguém brinca que está tão quente que daria para fritar um ovo no asfalto? Pois o Manual do Mundo, maior canal de Ciência e Tecnologia da América Latina, mostra no vídeo acima que isso não é tão brincadeira assim, não. Nele, Iberê Thenório faz um forno com caixas de papelão que funciona apenas com a energia e o calor do Sol.

    O Sol é uma estrela que produz energia através da fusão de átomos de hidrogênio. Ele é uma usina atômica natural. Essa energia chega até a Terra principalmente na forma de luz e calor.

    Só que esse calor não é suficiente para fritar um ovo ou assar algum alimento. Por mais que o asfalto consiga ficar super quente, geralmente ele está em torno de uns 50°C, o que é pouco para cozinhar.

    Para conseguir aproveitar essa energia de forma mais eficiente, o forno solar funciona como uma espécie de estufa. Ele é feito com duas caixas de papelão, uma dentro da outra. Entre elas é colocado algum tipo de isolante térmico, que pode ser jornal amassado. Por cima vão duas camadas de plástico transparente, com um vão entre elas. A ideia é conseguir fazer o calor entrar por cima, mas não conseguir sair pelas laterais da caixa. Todas as paredes da caixa também são pintadas de preto, porque é uma cor que absorve mais calor.

    Com isso o forno solar consegue passar de 90°C em um dia de sol forte. Foi o suficiente para assar o pudim, mas também para assar batatas, cebola e maçã.