GP do Bahrein de Fórmula 1 ficará sem público por medo de coronavírus


Reuters Em Dubai
08 de março de 2020 às 18:08
Muçulmanos no Bahrein rezam com máscaras após surto de coronavírus

Muçulmanos em Manama, capital do Bahrein, rezam com máscaras após surto de coronavírus

Foto: Hamad I Mohamed - 28.fev.2020/Reuters

O Grande Prêmio do Bahrein de Fórmula 1 será realizado no dia 22 de março, mas sem público devido à crise do coronavírus, um golpe no setor turístico do país do Golfo Pérsico.

O Bahrein, que organiza a segunda corrida da temporada de F1 no circuito de Sakhir, nos arredores de Manama, relatou 83 casos do vírus, a maioria relacionada a pessoas que viajaram para o Irã.

"O Bahrein tomou a decisão de sediar a corrida deste ano como um evento exclusivo para os participantes", afirmou a organização.

"Um evento... aberto ao público e que permite que milhares de visitantes e seguidores locais interajam muito perto não estaria correto neste momento."

O Bahrein é a segunda vítima do vírus na Fórmula 1. O Grande Prêmio da China, em Xangai, marcado para 19 de abril, já havia sido adiado.

Uma corrida sem público é algo sem precedentes na Fórmula 1.

"Sabemos como muitos ficarão decepcionados com essas notícias... mas a segurança deve permanecer nossa prioridade máxima", disse a organização.

O Bahrein suspendeu voos para alguns destinos por causa da preocupação com o vírus que se espalha rapidamente.