Premiê japonês: "Olimpíada completa provará que mundo pode vencer coronavírus"


Da CNN Brasil, em São Paulo
17 de março de 2020 às 02:12
Premiê japonês Shinzo Abe em conferência com liderenças do G7

Premiê japonês Shinzo Abe em conferência com liderenças do G7

Foto: Kyodo/ Via Reuters (17.mar.2020)

Após reunião com líderes do G7 — o grupo das economias mais industrializadas do mundo —, nesta terça-feira (17), o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe se disse confiante em realizar os Jogos Olímpicos de Tóquio em sua "forma completa". Segundo ele, isso seria uma mostra de que "o mundo derrotou o coronavírus".

Em teleconferência com repórteres de todo o mundo, Abe afirmou ter "garantido o apoio" dos outros países do bloco para a organzação do evento esportivo. Apessar de pressão para adiar a Olimpíada com o aumento de casos de COVID-19, o governo japonês mantém que todos os preparativos seguirão o cronograma original. 

"Estamos fazendo todo o possível para nos preparar (para os Jogos). Queremos um evento completo como prova de que a humanidade pode derrotar o novo coronavírus", declarou o premiê japon~es à imprensa.

A agência de notícias japonesa Kyodo News divulgou, nesta segunda (16), pesquisa indicando que 70% dos japoneses não acreditam que os Jogos ocorrerão nas datas previstas inicialmente.

A Olimpíada originalmente está marcada para o período de 24 de julho a 9 de agosto. Na sequência, está programada a Paralimpíada, de 25 de agosto a 6 de setembro.