Conmebol confirma eliminatória sul-americana da Copa de 2022 para setembro

Confederação prepara protocolos para o início da disputa que classificará quatro países diretamente para o torneio no Catar

Daniela Desantis, da Reuters
19 de junho de 2020 às 18:00 | Atualizado 19 de junho de 2020 às 20:24
Arthur, Alex Sandro, Firmino, Marquinhos, Thiago Silva e Daniel Alves - jogadores da seleção brasileira - comemoram gol contra o Peru na final da Copa América de 2019 (07.jul.2019)
Foto: Lucas Figueiredo/ CBF

A eliminatória sul-americana da Copa do Mundo de 2022 foi confirmada para setembro, disse nesta sexta-feira (19) a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), que prepara os protocolos para a volta do futebol após a paralisação causada pela crise sanitária da Covid-19.

O conselho do organismo sul-americano retomou uma reunião iniciada em maio, na qual aprovou um protocolo de recomendações para treinamentos, viagens e competições e um manual para chegadas e partidas de aeroportos.

Leia também:

MP de Bolsonaro altera direitos de transmissão em jogos de futebol

"Quanto às eliminatórias da Fifa para a Copa do Catar de 2022... até o momento, a data estabelecida por este organismo para sua realização é setembro de 2020, no formato previamente estabelecido", disse a entidade em um comunicado.

A nota não mencionou as copas Libertadores e Sul-Americana, suspensas em março por causa do coronavírus, cujo retorno também se espera para o final deste ano.

A eliminatória, que classifica quatro equipes de forma direta para a Copa do Mundo, deveria ter começado em março para terminar em novembro de 2021 com um formato de 18 confrontos de "todos contra todos" com partidas de ida e volta.

O organismo ainda informou que reelegeu a equatoriana María Sol Muñoz como sua representante no Conselho da Fifa, além de selecionar para o cargo o presidente da Associação Uruguaia de Futebol, Ignacio Alonso.