Hamilton critica comentários 'ignorantes' de ex-chefão da F1 sobre racismo


Julien Pretot e Alan Baldwin, da Reuters
27 de junho de 2020 às 01:07
O piloto inglês Lewis Hamilton - 12/3/2020

O piloto inglês Lewis Hamilton - 12/3/2020

Foto: Tracey Nearmy/Reuters

O atual campeão da Fórmula 1, Lewis Hamilton, condenou Bernie Ecclestone por comentários "ignorantes" sobre racismo feitos pelo ex-chefe comercial da categoria, de 89 anos.

Ecclestone disse em entrevista à CNN que "em muitos casos, os negros são mais racistas do que os brancos".

A Fórmula 1, cujo presidente Chase Carey anunciou na quinta-feira uma doação pessoal de 1 milhão de dólares a uma fundação para promover a diversidade no esporte, respondeu em comunicado.

"Em um momento em que a unidade é necessária para combater o racismo e a desigualdade, discordamos completamente dos comentários de Bernie Ecclestone que não têm lugar na Fórmula 1 ou na sociedade", afirmou.

Assista e leia também:

Meninos nigerianos recriam trailer de filme e recebem convite de Hollywood

Atriz Margot Robbie estrelará 'Piratas do Caribe' centrado em mulheres

O seis vezes campeão mundial Hamilton, que criou uma comissão para ajudar o automobilismo a envolver mais jovens de origem negra, disse que os comentários "ignorantes" destacam "exatamente o que está errado".

"Se alguém que está no esporte há décadas tem uma falta de compreensão das questões profundas que nós, como negros, lidamos todos os dias, como podemos esperar que todas as pessoas que trabalham com ele entendam. Começa no topo."