'Temos que nos adequar', diz Nelsinho Piquet sobre cancelamento do GP Brasil

Fórmula 1 não realizará prova no circuito de Interlagos por causa da pandemia da Covid-19

Da CNN
24 de julho de 2020 às 15:02

O piloto da Stock Car e ex-piloto de Fórmula 1, Nelsinho Piquet, falou à CNN sobre o cancelamento do Grande Prêmio do Brasil, no circuito de Interlagos, em razão da pandemia do novo coronavírus. O anúncio foi feito pela F1 nesta sexta-feira (24).

Além do Brasil, o avanço da doença também fez as corridas nos Estados Unidos, no México e no Canadá serem canceladas.O piloto reconhece as dificuldades impostas pela pandemia.

"Essas mudanças que estão acontecendo estão complicadas para muitas pessoas, mas temos que nos adequar. São eventos muito grandes. Não temos certeza se a gente vai demorar para achar uma vacina para voltar ao normal. Acho que nunca mais vai voltar. Esses eventos de corrida geralmente reunem muitas pessoas", disse.

Assista e leia também:

F1 cancela corrida no Brasil em razão da pandemia de Covid-19

Ele também explicou que uma corrida costuma receber 100 mil pessoas na arquibancadas, além de movimentar equipes dos atletas e os profissionais que fazem o campeonato acontecer. “O evento precisava acontecer. Tem muitas pessoas que sobrevivem disso. Mas é uma transição até o mundo conseguir um controle 100% desse vírus”, concluiu.

(Edição: Leonardo Lellis)