Corinthians tem oito atletas infectados com Covid-19

Oito jogadores e 11 colaboradores que trabalham no Centro de Treinamento do clube testaram positivo para a Covid-19

Adalberto Leister Filho, da CNN em São Paulo
02 de março de 2021 às 17:47 | Atualizado 02 de março de 2021 às 17:48
Jogadores do Sport Club Corinthians Paulista
Jogadores do Sport Club Corinthians Paulista
Foto: Reprodução/Instagram @corinthians (1º.mar.20211)

O Corinthians anunciou nesta tarde que oito jogadores e 11 colaboradores que trabalham no Centro de Treinamento do clube testaram positivo para a Covid-19.

Os jogadores infectados foram os goleiros Cássio e Guilherme, os laterais Fagner e Fábio Santos, o zagueiro Raul Gustavo, os meias Gabriel e Ramiro e o atacante Cauê.

Os exames iniciais foram realizados na segunda-feira (1º) e os resultados saíram nesta terça (2). Para confirmar o diagnóstico houve reanálise, que confirmou a infecção em todos os casos.

Segundo o clube, alguns dos infectados apresentaram sintomas e fizeram exames complementares no Hospital São Luiz, no Morumbi (zona sul de São Paulo). Atletas e colaboradores foram afastados de suas funções e estão isolados sob os cuidados do Departamento Médico do Corinthians.

Apesar dos oito atletas infectados, o Corinthians não vai pedir adiamento do clássico contra o Palmeiras, marcado para esta quarta (3) no Itaquerão.

Leia abaixo o comunicado oficial do clube:

“Na última segunda-feira (1º), atletas e funcionários do Corinthians realizaram exames para detecção de COVID-19. Os resultados saíram nesta terça (02) e, ao todo, oito jogadores e 11 colaboradores do CT Dr. Joaquim Grava testaram positivo.
Todos foram afastados e seguem isolados sob os cuidados do Departamento Médico do Clube. Apenas alguns dos infectados estão com sintomas e fizeram exames complementares no Hospital São Luiz, unidade Morumbi.
Os atletas que testaram positivos foram:
Goleiros: Cássio e Guilherme
Laterais: Fábio Santos e Fagner
Zagueiro: Raul Gustavo
Meias: Gabriel e Ramiro
Atacante: Cauê
Todos os testes passaram por uma reanálise, nesta terça (2), e os resultados positivos foram mantidos."