CNN terá cobertura direto da Cidade Olímpica em Tóquio

Reportagens dos jogos no Japão são uma parceria da CNN Brasil com o site Olimpíada Todo Dia; jornalistas passam por rígidos protocolos sanitários da organização

Da CNN, em São Paulo
07 de julho de 2021 às 16:51 | Atualizado 07 de julho de 2021 às 16:56

Após um ano de adiamento em razão da Covid-19, os Jogos Olímpicos de Tóquio começam no próximo dia 23 ainda com a doença do novo coronavírus no radar. Serão mais de 10 mil atletas, todos submetidos a rígidos protocolos de testagem e isolamento social.

O jornalista Fernando Gavini, repórter do site Olimpíada Todo Dia, viajou ao Japão para participar da cobertura dos jogos, que será feita em parceria entre o portal e a CNN Brasil, com entradas ao vivo, reportagens e conteúdos exclusivos.

Gavini conta que, para embarcar ao país-sede da Olimpíada, tanto ele quanto a equipe se submeteram a periódicos testes do tipo RT-PCR e medição de temperatura. Já em Tóquio, estão cumprindo um período de quatro dias de isolamento dentro do quarto de hotel, antes de poder circular pela cidade.

"Os protocolos pensados pela organização já começaram catorze dias antes da viagem, quando começamos a marcar diariamente as nossas temperaturas para enviar ao Japão", relata. A rotina preparatória envolveu três testes, um 96 horas antes da viagem, um segundo 72 horas antes da viagem e um terceiro já no país asiático, antes de serem liberados para deixar o aeroporto.

A CNN vai trazer todas as informações sobre o maior evento esportivo do mundo. Serão reportagens e entradas ao vivo, direto da Cidade Olímpica, em Tóquio, no Japão. A cobertura é uma parceria entre a CNN e o site Olimpíada Todo Dia.