Tóquio 2020: surfistas brasileiros conhecem a Vila Olímpica pela primeira vez

O surfe estreia na competição no dia 25; surfistas Silvana Lima e Ítalo Ferreira visitaram as acomodações em Tóquio e conheceram outros atletas brasileiros

Rafaela Lara, da CNN, em São Paulo
19 de julho de 2021 às 07:45 | Atualizado 19 de julho de 2021 às 07:46
Surfe na Olimpíada
Atletas do surfe estreiam na Olimpíada de Tóquio. Ítalo Ferreira e Silvana Silva conheceram a Vila Olímpica nesta segunda-feira (19)
Foto: COB

Os surfistas brasileiros quiseram aproveitar a chance única de conhecer a Vila Olímpica em Tóquio nesta segunda-feira (19). Os atletas Silvana Lima e Ítalo Ferreira visitaram as acomodações, conheceram atletas de outras modalidades e sentiram a emoção de fazer parte pela primeira vez dos Jogos Olímpicos. 

O surfe estreia na competição no dia 25. Silvana afirmou que só viu a Vila Olímpica do Rio "pela janela, passando de carro". Ela ainda revelou já ter visto a atleta Flavia Saraiva e o ginasta Arthur Zanetti em Tóquio. 

"É uma sensação incrível encontrar atletas de quem somos fãs, e estaremos juntos defendendo a mesma bandeira. Hoje encontrei a Flavinha Saraiva e o Arthur Zanetti, que é sinistro. Só de ver um pouco disso tudo já é incrível”, afirmou a surfista cearense.

Os surfistas também visitaram a base do Brasil em Ota, onde assistiram a um treino físico da seleção feminina de handebol. 

Depois, na Vila, encontraram-se com atletas da ginástica artística, do skate e do vôlei de praia. Também conheceram o chefe de missão, Marco La Porta, e almoçaram no refeitório dos atletas.

“É a primeira vez do surfe nos Jogos, e estou tentando aproveitar ao máximo, conhecer outros atletas e outros esportes. É incrível toda essa estrutura. Chegou minha vez e é muito gratificante representar o surfe e buscar a medalha, que é um sonho”, afirmou Ítalo, campeão mundial de surfe em 2019.

Estrutura

A praia de Tsurigasaki ainda está fechada para os surfistas, mas os atletas já estão usufruindo da estrutura do Time Brasil na base montada no local.

“A estrutura está demais, tipo um Spa. É tranquilo, os quartos são maravilhosos e tem cozinheiro brasileiro, massagem, que é algo que me preocupava muito. Estou vivendo um sonho, é melhor do que eu imaginei”, afirmou Silvana.