Rio de Janeiro faz testes pra reacender pira olímpica

A cerimônia será realizada nesta quinta-feira (22) com a presença do prefeito Eduardo Paes e de outras autoridades

Pedro Duran, da CNN, no Rio de Janeiro
20 de julho de 2021 às 20:00
Pira Olímpica do Rio de Janeiro
Pira Olímpica do Rio de Janeiro
Foto: Pedro Duran

Com caminhões, guindastes e escadas, a prefeitura do Rio de Janeiro realizou nesta terça-feira (20) os testes para reacender a pira olímpica na Candelária, nesta quinta-feira (22). A cerimônia será realizada com a presença do prefeito Eduardo Paes e de outras autoridades. 

Equipes das secretarias de Esporte e Conservação e da subprefeitura do centro fizeram testes na escultura do artista americano Anthony Howe, que imita o sol e tem mais de 12 metros de altura. As hastes de aço inoxidável se movem de acordo com o vento.

A concessionária de gás, Naturgy, também esteve no local para fazer os testes. O equipamento estava desligado desde as Olimpíadas do Rio, em 2016, e teve a conexão com os encanamentos subterrâneos de gás restabelecida.

Luzes de cor âmbar e uma câmera frontal foram instaladas e testadas no entorno da pira, que agora está protegida com cones e com faixas zebradas. Equipes da Guarda Municipal garantirão a segurança da obra até o evento.

A cerimônia vai marcar a “passagem de bastão” da última cidade sede para a atual, Tóquio. No entanto, a CNN apurou que até agora nenhum representante do consulado do Japão no Rio foi avisado sobre a cerimônia.

O novo cônsul geral, Ken Hashiba, está tentando marcar uma visita de cortesia ao gabinete de Paes desde maio, mas até agora não conseguiu uma data. Nessa semana, representantes do governo japonês acionaram vereadores para tentar fazer uma ponte com Paes.

A prefeitura do Rio de Janeiro ainda não divulgou os detalhes da cerimônia de acendimento da pira. Eles apenas confirmaram que será na quinta-feira à noite e que Paes estará presente.