Alemanha: time de futebol perde por 37 a 0 ao adotar distanciamento em partida

SG Ripdorf/Molzen, que joga na 11ª divisão do país, escalou apenas sete jogadores que não se aproximaram dos atletas do SV Holdenstedt II durante os 90 minutos

Equipe da 11ª divisão do futebol alemão perdeu por 37 a 0 após adotar distanciamento social em jogo
Equipe da 11ª divisão do futebol alemão perdeu por 37 a 0 após adotar distanciamento social em jogo Foto: Michi S/ Pixabay

Ben Church, da CNN

Ouvir notícia

Sabe aquela frase “a segurança vem sempre em primeiro lugar”? Um time amador de futebol na Alemanha resolveu levar a recomendação ao pé da letra e acabou derrotado por 37 a 0, no domingo (13), depois de praticar distanciamento social em seu jogo contra o rival local SV Holdenstedt II.

O SG Ripdorf/Molzen, que joga na 11ª divisão do futebol alemão, colocou apenas sete jogadores em campo por temer que o adversário representasse um risco de transmissão do novo coronavírus.

O co-diretor do Ripdorf, Patrick Ristow, disse à CNN que o Holdenstedt teve contato com um jogador infectado durante o jogo anterior e que seu  time sentiu que as condições não eram seguras devido ao período de incubação de duas semanas.

O clube tentou adiar a partida, mas os oponentes disseram que não havia razão para fazer isso, já que os teste dos jogadores deram negativo, disse Ristow.

Assista e leia também:

Clube alemão planeja testes de Covid-19 para torcedores ocuparem estádio

Chelsea anuncia contratação mais cara da história do futebol feminino

Bayern vence PSG de Neymar e conquista Liga dos Campeões pela sexta vez

O técnico do Holdenstedt, Florian Schierwater, disse ao jornal Altmark Zeitung que “não havia base para cancelar o jogo” porque nenhum dos jogadores entrou em contato com uma pessoa infectada.

Sete jogadores do Ripdorf acabaram se oferecendo para participar da partida, o que permitiu a realização do jogo e evitou que o clube fosse multado.

“Nesta pandemia, nosso clube não tem muito dinheiro, então parte do elecon disse que jogaria, mas manteria distância dos adversários”, explicou Ristow à CNN por e-mail.

“Durante os 90 minutos, nossos jogadores mantiveram distância, então o Holdenstedt teve tempo suficiente para fazer gols. Não falamos sobre tática porque todos sabíamos que este jogo seria uma grande derrota. Nosso adversário não entendeu quando andamos para a lateral do campo.”

“Também sabemos que o placar é muito ruim, mas para nós a segurança é mais importante do que um jogo. Para todos os jogadores, esse resultado é ok e [no] final da temporada, é importante somar pontos e não gols”, completou.

Os jogadores do Holdenstedt não mostraram misericórdia durante o jogo e marcaram praticamente um gol a cada dois minutos.

O resultado se tornou viral nas redes sociais e o clube recebeu alguma atenção inesperada da mídia global. “Nos últimos dias recebemos muitos telefonemas de emissoras de rádio e TV de todo o mundo, muitas opiniões de pessoas de todo o país e sugestões do que poderíamos fazer”, disse ele o dirigente.

“Se esta situação se repetir, esperamos encontrar uma forma, juntamente com o nosso adversário, de adiar o jogo.”

(Texto traduzido; leia o original em inglês)

Mais Recentes da CNN