Após Copa América, Conmebol lança diretrizes para ter público na Libertadores

O protocolo estabelece uma série de recomendações, que devem ser discutidas com as autoridades sanitárias de cada país para sua aplicação ou modificação

Renato Barcellos, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Após a realização da final da Copa América com presença de torcedores, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou neste domingo (11) o “Protocolo de Recomendações para o Retorno do Público nos Estádios”.

De acordo com a entidade, as recomendações valem para a Copa Libertadores e Copa Sul-Americana, que poderão receber torcedores a partir das oitavas de final.

O protocolo estabelece uma série de recomendações, que devem ser discutidas com as autoridades sanitárias de cada país para sua aplicação ou modificação.

Além disso, a entidade afirma que o retorno do público aos estádios deve ser autorizado por cada Ministério da Saúde ou autoridade competente.

Em comunicado publicado no site oficial, a Conmebol afirmou considerar que o retorno gradual do público é essencial para o desenvolvimento do futebol sul-americano.

“Se as autoridades nacionais o permitirem, o retorno ao público é autorizado nas referidas competições”, diz um trecho o comunicado.

Torcida argentina comemora título após 28 anos de seca
Foto: Wagner Meier/Getty Images

O protocolo sugere que na primeira fase de reabertura fiquem proibidos de entrar nos estádios menores de 18 anos, mulheres grávidas e pessoas com comorbidades. A Conmebol também orienta que o estádio seja divido em dois setores: o de pessoas vacinadas e o de pessoas que apresentaram teste RT-PCR negativo.

A entidade ressalta, no entanto, que qualquer pessoa com sintomas da Covid-19 não poderá entrar no estádio.

Mais Recentes da CNN