Canadá vence Jamaica e acaba com “seca” de 36 anos sem Copa do Mundo

Canadá disputará a Copa do Mundo pela primeira vez desde 1986 no México, onde perdeu os três jogos e não conseguiu marcar nenhum gol

Seleção do Canadá venceu a Jamaica no dia 27 de março e voltou a garantir vaga na Copa do Mundo após 36 anos
Seleção do Canadá venceu a Jamaica no dia 27 de março e voltou a garantir vaga na Copa do Mundo após 36 anos Vaughn Ridley/Getty Images

Steve Keatingda Reuters

Ouvir notícia

O Canadá se classificou para a Copa do Mundo pela segunda vez, neste domingo (27), após derrotar a Jamaica por 4 a 0, garantir sua passagem para o Catar e encerrar o jejum de 36 anos sem participar do Mundial.

Depois de não conseguir uma vaga na final com uma derrota fora de casa por 1 x 0 para a Costa Rica na quinta-feira, o Canadá voltou para casa com um propósito renovado e a chance de completar o trabalho diante de uma multidão frenética de quase 30.000 pessoas, munidas de bandeiras e vestidas de vermelho.

A segunda oportunidade não foi desperdiçada, já que Cyle Larin e Tajon Buchanan marcaram no primeiro tempo e Junior Hoilett  fez outro gol após o intervalo, com um gol contra de Adrian Mariappa fechando o placar.

O Canadá disputará a Copa do Mundo pela primeira vez desde 1986 no México, onde perdeu os três jogos e não conseguiu marcar nenhum gol.

Com apenas uma rodada de jogos de qualificação restantes, o Canadá está no topo da classificação da Concacaf com 28 pontos, seis à frente das potências regionais Estados Unidos e México, que jogam no final do domingo, procurando garantir suas vagas no Catar.

As três melhores equipes na classificação automaticamente ganham vagas na Copa do Mundo de novembro, com o quarto colocado enfrentando uma equipe da Oceania em um playoff intercontinental por mais uma vaga.

Houve um momento – durante sua busca de 36 anos para voltar a uma Copa do Mundo – que jogar em casa não era diferente de jogar fora do Canadá, com tantos torcedores apoiando o time.

O Canadá atacou logo de início e foi recompensado aos 13 minutos, quando Larin, o maior artilheiro de todos os tempos do Canadá, marcou após um excelente passe de Stephen Eustaquio.

Buchanan marcou outro com apenas um minuto para o fim, enquanto a Jamaica foi para o intervalo perdendo por apenas 2 a 0. Hoilett colocou o Canadá em vantagem por 3 a 0 aos 82 minutos, com Mariappa marcando um gol contra seis minutos depois.

 

Mais Recentes da CNN