CBF aumenta prêmios para participantes da Copa do Brasil; confira valores

Valores variam de R$ 620 mil recebidos por clube do Grupo III na primeira fase até R$ 60 milhões para o campeão do torneio em 2022

Troféu da Copa do Brasil, concedido pela CBF
Troféu da Copa do Brasil, concedido pela CBF Lucas Figueiredo/CBF

Giovanna Galvanida CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) atualizou a tabela de valores a serem pagos aos times participantes da Copa do Brasil, competição que conta com 92 equipes participantes divididas em três blocos.

As quantias dependem do desempenho dos times ao longo da competição – que, em 2022, tem início no dia 23 de fevereiro.

Na primeira fase, o valor mínimo para os 80 clubes participantes é de R$ 620 mil, distribuído aos times do Grupo III. No Grupo II, que abrange todos participantes da Série A do Campeonato Brasileiro de 2021 (menos os que já estão previstos no Grupo I), o valor pago é de R$ 1,09 milhão. Já para o Grupo I, com os 15 primeiros colocados no Ranking de Times da CBF em 2022, a quantia é de R$ R$ 1,27 milhão.

Na segunda fase, composta por 40 times, os integrantes do Grupo III recebem R$ 750 mil; do Grupo II, R$ 1,19 milhão; e do Grupo I, R$ 1,5 milhão.

A mudança a partir da terceira fase do campeonato é que todos os clubes dos grupos passam a receber o mesmo valor de R$ 1,9 milhão, caso sejam um dos 32 classificados para a etapa.

O afunilamento de times continua, e os valores aumentam: os 16 times das oitavas de final recebem R$ 3 milhões; os 8 classificados para as semifinais, R$ 3,9 milhões; na semifinal, o valor pago é de R$ 8 milhões.

Finalmente, o vice-campeão da Copa do Brasil deverá receber R$ 25 milhões, enquanto o campeão fatura R$ 60 milhões.

Mais Recentes da CNN