Copa do Mundo bienal poderia custar 8 bilhões de euros por temporada, diz estudo

Proposta da Fifa pode gerar às grandes ligas nacionais de futebol e à Uefa cerca de 8 bilhões de euros em direitos de transmissão

Vista do Estádio Al Janoub Stadium construído para a Copa do Mundo de 2022 no Catar16/12/2019
Vista do Estádio Al Janoub Stadium construído para a Copa do Mundo de 2022 no Catar16/12/2019 REUTERS/Corinna Kern

Fernando Kallasda Reuters

Ouvir notícia

Uma proposta da Fifa para uma Copa do Mundo bienal e mudanças no Mundial de Clubes poderiam custar às grandes ligas nacionais de futebol e à Uefa cerca de 8 bilhões de euros por temporada em direitos de transmissão, ingressos e acordos comerciais perdidos, de acordo com um relatório encomendado pelas ligas.

Competições internacionais mais frequentes, além de jogos de clubes adicionais no exterior, poderiam causar grandes mudanças nas ligas nacionais, inclusive uma diminuição do número de times competindo nelas, uma transferência de jogos dos finais de semana para dias úteis e menos jogos domésticos, disse o relatório.

O documento, compilado pelas consultorias KPMG e FTI’s Delta Partners e visto pela Reuters antes da publicação, previu que, além de uma queda na renda dos clubes, tal medida afetaria o interesse do público pelos jogos.

Ela também reduziria o interesse de anunciantes no futebol doméstico e criaria pressão nos jogadores, o que pioraria o desempenho, argumentou o relatório.

Gianni Infantino, presidente da Fifa, disse no mês passado que a entidade que governa o futebol mundial está debatendo realizar a Copa do Mundo a cada dois anos, e não no ciclo atual de quatro anos.

Arsène Wenger, ex-técnico do Arsenal e hoje chefe de desenvolvimento global da Fifa, propõe um novo calendário que levaria a uma redução do número de intervalos internacionais para eliminatórias para uma ou duas pausas mais longas para comprimir o processo de classificação.

Mais Recentes da CNN