Desenhos de Muhammad Ali superam estimativas de valor em leilão em NY

Rascunho feito em caneta hidrográfica pelo ex-boxeador foi vendido por US$ 425 mil (R$ 2,3 milhões)

Desenho "Sting Like a Bee" (Pique como uma abelha) de Muhammad Ali foi feito em 1978
Desenho "Sting Like a Bee" (Pique como uma abelha) de Muhammad Ali foi feito em 1978 Andreas Meier/REUTERS

Jill Serjeantda Reuters

Ouvir notícia

Um rascunho feito em caneta hidrográfica pelo lendário boxeador Muhammad Ali foi vendido por mais de US$ 425 mil (R$ 2,3 milhões na atual cotação) em um leilão em Nova York, nos Estados Unidos, nesta terça-feira (6). Esse é um de seus pouco conhecidos trabalhos de arte, outros foram arrematados por valores muito superiores aos estimados.

O desenho, chamado “Sting Like a Bee” (Pique como uma abelha), e feito em papel em 1978, foi a obra mais buscada entre mais de 20 quadros, desenhos e rascunhos do antigo campeão dos pesos pesados. Os itens refletem os interesses de Ali na religião, na justiça social e em sua própria carreira. As estimativas de pré-venda estavam entre US$ 40 mil e 60 mil (R$ 219 mil e 328 mil).

“Juiz, ele flutuou mesmo como uma borboleta e picou como uma abelha”, diz o balão de fala de um boxeador nocauteado por um oponente que ergue os braços no ar comemorando a vitória. Ali usava a famosa frase para descrever seu estilo de boxe.

A Bonhams disse que 26 obras de arte de Ali foram vendidas por um total de US$ 945.524 (R$ 5,1 milhões), mais de três vezes o valor mínimo estimado. “Sting Like a Bee” foi comprado por um colecionador britânico de itens de Ali, afirmou a casa. Os outros compradores não foram identificados.

A paixão de Ali pelas artes era pouco conhecida, mas ele gostava de desenhar para relaxar após uma luta ou treino. Alguns dos trabalhos vendidos eram pinturas tradicionais de natureza, enquanto outras eram rabiscos mais próximos do gênero do cartum.

Uma pintura vermelha, branca e azul em canvas, com as palavras “I Love You America” (“Eu te Amo América”), foi vendida por 150 mil dólares, enquanto um desenho de 1967 à caneta comparando o islã ao cristianismo foi arrematado por 24 mil.

 

Tópicos

Mais Recentes da CNN