Empate na F1: o que Hamilton e Verstappen precisam fazer para ficar com o título

Esta é a segunda vez na história que um campeonato de F1 será decidido na última corrida devido a um empate entre os primeiros colocados

Hamilton e Verstappen disputam corrida na Arábia Saudita
Hamilton e Verstappen disputam corrida na Arábia Saudita Foto: Lars Baron/Getty Images

Giovanna Galvanida CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Após uma tensa estreia do Grande Prêmio da Arábia Saudita no domingo (6), no qual Lewis Hamilton conseguiu mais uma vitória e empatou com o líder do campeonato Max Verstappen, os dois pilotos disputam ponto a ponto da derradeira prova da temporada 2021 da Fórmula 1, que acontece no próximo domingo (12) em Abu Dhabi, no circuito de Yas Marina.

Essa é a segunda vez na história que um campeonato será decidido na última corrida com um empate entre os dois líderes. A primeira ocorreu em 1974, em uma disputa entre o Emerson Fittipaldi e Clay Reggazoni, na qual o brasileiro levou a melhor.

Para Hamilton, da Mercedes, o título o consagraria como o maior vencedor de todos os tempos da F1, já que o britânico alcançaria seu octacampeonato. Já para Verstappen, da Red Bull, este seria seu primeiro troféu de campeão, feito que pode ser alcançado aos 24 anos.

Dessa forma, para Lewis Hamilton levar o campeonato, ele precisa pontuar mais que Max Verstappen, já que o holandês tem o critério de desempate ao seu favor: ele possui mais vitórias do que o britânico ao longo da temporada.

Assim, se ambos não pontuarem – ou por ficarem abaixo da 10ª posição na corrida, ou por acabarem abandonando a prova por algum motivo –, Verstappen será campeão.

Por isso, o jovem piloto da Red Bull deverá lutar para manter a mínima vantagem sobre Hamilton, enquanto o britânico buscará manter sua sequência de pressão por cada um dos pontos da corrida, que podem ser obtidos tanto pela colocação no campeonato quanto pela volta mais rápida, que soma 1 ponto.

Além disso, ambos devem estar atentos às penalidades que podem ser impostas durante a corrida, que podem fazer com que ambos percam segundos na colocação final.

Acidente entre Hamilton e Verstappen no GP da Arábia Saudita / Getty Images

Porém, a Fórmula 1 não trata apenas da glória individual. Os dois pilotos também buscarão ajudar na conquista do título do Campeonato de Construtores, atualmente liderado pela Mercedes, que possui uma vantagem de mais de 20 pontos para a Red Bull.

As equipes deverão contar com o gás final dos pilotos Valtteri Bottas (Mercedes) e Sergio Perez (Red Bull) para conquistarem o título, já que a pontuação dos Construtores leva em consideração a chegada dos dois pilotos dos times nas corridas.

A disputa entre Hamilton e Verstappen evoluiu para maiores níveis de tensão no GP da Arábia Saudita.

O circuito contou com duas bandeiras vermelhas, intervenções do safety-car e falhas de comunicação entre as equipes. Uma freada de Verstappen acabou causando um pequeno acidente com Hamilton no fim da prova.

Veja a atual pontuação do mundial:

  • Max Verstappen, com 369,5;
  • Lewis Hamilton, com 369,5;
  • Valtteri Bottas, com 218;
  • Sergio Perez, com 190;
  • Charles Leclerc, com 158;
  • Lando Norris, com 154;
  • Carlos Sainz Jr, com 149.5;
  • Daniel Ricciardo, com 115;
  • Pierre Gasly, com 100;
  • Fernando Alonso, com 77;
  • Esteban Ocon, com 72;
  • Sebastian Vettel, com 43;
  • Lance Stroll, com 34;
  • Yuki Tsunoda, com 20;
  • George Russell, com 16;
  • Kimi Raikkonen, com 10;
  • Nicholas Latifi, com 7;
  • Antonio Giovinazzi, com 3;
  • Mick Schumacher, com 0;
  • Nikita Mazepin, com 0;
  • Robert Kubica, com 0.

Mais Recentes da CNN