F1: AlphaTauri confirma Gasly e Tsunoda como seus pilotos em 2022

Equipe satélite da Red Bull, única a pontuar em todas as corridas de 2021, manterá sua dupla de pilotos na próxima temporada

AlphaTauri confirma Gasly e Tsunoda como seus pilotos em 2022 na F1
AlphaTauri confirma Gasly e Tsunoda como seus pilotos em 2022 na F1 Divulgação/AlphaTauri

Alan Baldwinda Reuters

Ouvir notícia

Pierre Gasly e Yuki Tsunoda continuarão correndo pela AlphaTauri na Fórmula 1 em 2022, anunciou a equipe satélite da Red Bull nesta terça-feira (7).

O piloto francês venceu o Grande Prêmio da Itália, em Monza, há um ano e terminou em quarto na Holanda no fim de semana passado. Ele também conquistou o segundo lugar no Brasil em 2019 e o terceiro no Azerbaijão em junho.

O estreante japonês Tsunoda, apoiado pela Honda, marcou pontos em sua estreia no Bahrein, em março.

A equipe sediada em Faenza, na Itália, é a única das 10 no grid da F1 que marcou pontos em todas as corridas desta temporada, e disse que consistência e estabilidade foram essenciais para um ano de grandes mudanças de regras.

“Este ano vimos que a relação positiva entre os dois, feita de competitividade na pista e amizade fora dela, provou ser eficaz para a equipe”, disse o chefe da equipe, Franz Tost, em comunicado.

O anúncio significa que a esperança da Red Bull de trazer o piloto tailandês Alexander Albon de volta à Fórmula 1 depende dele garantir um assento fora das duas equipes da marca de bebidas energéticas, com conversas em andamento na Williams e na Alfa Romeo.

A confirmação de Gasly foi certeira, já que o francês marcou 66 dos 84 pontos da equipe em 13 corridas até agora nesta temporada.

O diretor da Fórmula 1, Ross Brawn, disse na segunda-feira (6) que o francês era bom demais para ficar na AlphaTauri por muito tempo.

“Estou muito feliz por seguir em frente com a Scuderia AlphaTauri para mais uma temporada na Fórmula 1, especialmente depois de ver o progresso que fizemos como equipe desde que me juntei a eles em 2017”, disse Gasly.

“Vendo o desempenho que mostramos até agora nesta temporada, acho que há grandes coisas a alcançar pelo resto desta temporada e pelo próximo ano… Eu realmente acredito que podemos trabalhar bem juntos para fazer um 2022 ainda melhor.”

Na semana passada, Tsunoda tinha avaliado suas chances de permanecer na equipe em 50-50. O jovem de 21 anos marcou pontos em cinco corridas até agora e está em 13º no campeonato.

“Estou muito grato à equipe por me permitir continuar a desenvolver minha experiência na Fórmula 1 com eles”, disse o japonês sobre um anúncio que o manterá dentro da Red Bull após a saída da Honda no final deste ano.

As duas equipes da Red Bull continuarão a usar motores montados pela Honda no Japão no próximo ano antes que a Red Bull assuma a produção.

Mais Recentes da CNN