Fluminense demite Roger Machado após a eliminação na Libertadores

Tricolor pretende anunciar neste sábado o novo treinador para a sequência da temporada

Após a eliminação na Taça Libertadores da América, Roger Machado deixa o Fluminense.
Após a eliminação na Taça Libertadores da América, Roger Machado deixa o Fluminense. Lucas Mercon/FFC

Stéfano Sallesda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

O técnico Roger Machado não resistiu à pressão e foi demitido pelo Fluminense na noite de sexta-feira (20), após a eliminação na Taça Libertadores da América. A decisão foi anunciada pelo tricolor na manhã deste sábado. O nome do substituto ainda não foi definido pela diretoria.

Na quinta-feira (19), o Fluminense empatou em 1 a 1 com o Barcelona de Guayaquil, pelas quartas de final da competição. Como o jogo de ida terminou empatado em 2 a 2, na semana anterior, no Maracanã, os equatorianos avançaram às semifinais e terão pela frente o Flamengo.

No comunicado sobre a saída do treinador, o clube diz: “O Fluminense FC informa que a diretoria desligou o técnico Roger Machado, na noite desta sexta-feira (20/08). A diretoria está reunida e comunicará o novo comando técnico ao longo deste sábado. O clube agradece ao treinador e deseja sorte em sua carreira”.

Nesta passagem pelas Laranjeiras, Roger Machado dirigiu a equipe em 42 jogos. Obteve 19 vitórias, 13 empates e 10 derrotas. Um aproveitamento de 55,5% dos pontos. Embora tenha avançado ao segundo mata-mata da Libertadores, o Fluminense está em situação delicada no Campeonato Brasileiro.

Após um bom início na competição nacional, o tricolor soma 17 pontos e ocupa a 15ª posição. Está a dois pontos da zona de rebaixamento, mas tem um jogo a menos que a maioria dos adversários. A equipe volta a campo na segunda-feira (23), para enfrentar o Atlético-MG, líder da competição. A partida ocorre às 20h, no Maracanã.

Mais Recentes da CNN