Formiga sai do banco e se despede da Seleção Brasileira em goleada contra a Índia

Atleta com mais partidas pela Seleção, seja masculina ou feminina, fez a sua última partida pela equipe na goleada por 6 a 1

Formiga em campo pela última vez com a camisa da Seleção
Formiga em campo pela última vez com a camisa da Seleção Thais Magalhães/CBF

Evandro Furonida CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A Seleção Brasileira se despediu hoje da sua eterna camisa 8. Após 26 anos, a meia Formiga se despediu da seleção feminina de futebol, em partida contra a Índia, disputada na Arena Amazonas, em Manaus, pelo Torneio Internacional de Futebol Feminino.

Com a bola rolando, o Brasil sofreu um susto logo nos momentos iniciais da partida, mas acabou goleando a Índia por 6  a 1. Os gols brasileiros foram marcados por Debinha, Gio, Ary duas vezes, Kerolin, Geyse.

Apesar do dia de homenagens, a técnica Pia Sundhage decidiu deixar Formiga no banco. A volante entrou em campo apenas aos 32 minutos do segundo tempo, após pedido da torcida presente em Manaus, com a partida já definida.

Formiga, mais conhecida pelo comprometimento defensivo, jogou avançada no ataque. A camisa 8 não marcou o seu, mas foi após um chute seu que saiu o sexto gol brasileiro, marcado por Ary. Ela ainda recebeu uma oportunidade dentro da área aos 48 minutos, mas chutou por cima do gol.

Após o fim do jogo, todas as atletas da Seleção Brasileira abraçaram a volante. Ela recebeu uma placa com a camisa da Seleção e um buquê de rosas de Marta, sua colega de Seleção Brasileira.

“Mesmo fora da Seleção, eu vou continuar contribuindo, porque todas essas garotas têm um sonho”, disse Formiga em seu discurso.

Formiga é, aos 43 anos, a atleta, entre homens e mulheres, que mais vezes vestiu a camisa da Seleção brasileira. Tri-campeã pan-americana, campeã da Copa América, vice-campeã mundial, duas vezes medalha de prata em Olimpíadas. Ela ainda segue no futebol, vestindo a camisa do São Paulo.

Segundo dados divulgados pela CBF, a volante soma mais de 20 mil minutos, em 234 jogos pela Seleção. Ao todo, são 151 vitórias, 35 empates, 47 derrotas e 37 gols marcados.

Homenagens

Fora do campo, a camisa 8 da Seleção também foi homenageada.

“O futebol feminino tem muito a te agradecer , Obrigada por tanto e parabéns pela belíssima carreira ! Feliz e grata em ter feito parte da sua história!”, disse a companheira Marta.

O Rei Pelé também enviou mensagem: “Formiga, minha querida, queria lhe dar os parabéns, de todo coração. Parabéns e viva o nosso Brasil”, disse a lenda da Seleção.

Megan Rapinoe, jogadora dos EUA eleita a melhor do mundo em 2019, também enviou uma mensagem.

“Eu ouvi que você está se aposentando. Eu acho que isso não é verdade, parece impossível você não estar jogando mais. Eu só queria dizer parabéns pela carreira absolutamente incrível. Não acredito que ninguém possa replicar o que você fez em campo. Ter tido a oportunidade de ter jogado com você e ter te conhecido fora de campo foi incrível”, disse a norte-americana.

Mais Recentes da CNN