Lateral do Flamengo se envolve em acidente de trânsito com vítima fatal no Rio

Ramon, de apenas 20 anos, atropelou um ciclista, que morreu a caminho do hospital; Polícia Civil instaurou inquérito para apurar o ocorrido

Thayana AraújoHenrique Andradeda CNN

No Rio de Janeiro e em São Paulo

Ouvir notícia

O lateral-esquerdo Ramon, do Flamengo, se envolveu em um acidente de trânsito com vítima fatal na noite deste sábado (4), na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Civil do Rio de Janeiro, o jogador de apenas 20 anos atropelou um ciclista, que trabalhava como entregador de aplicativo.

Após o acidente, Ramon parou o carro e pediu socorro, mas a vítima, que tinha 30 anos, veio a óbito. O atleta foi encaminhado para o 16º DP, na Barra da Tijuca, onde prestou depoimento ao delegado de plantão.

A Polícia informou que deve ouvir testemunhas do acidente e analisar as imagens de câmeras de segurança da via para investigação.

Em nota enviada à CNN, a Polícia Civil informou que Ramon não apresentava sinais de embriaguez ao depor e que houve perícia no local. “Diligências estão em andamento para coletar imagens de câmeras de segurança e informações a fim de esclarecer todos os fatos”, diz a nota.

O acidente ocorreu no mesmo bairro em que o jogador Marcinho, ex-Botafogo e hoje no Athletico-PR, atropelou e matou um casal de professores no ano passado.

Procurado pela CNN, o Flamengo ainda não se manifestou sobre o ocorrido. Entretanto, após as eleições para a presidência do clube, na sede social da Gávea, Rodolfo Landim, reeleito presidente, e Marcos Braz, vice-presidente de futebol, comentaram o ocorrido.

“Claro que a gente fica triste. Não sabemos as condições ou o que aconteceu, pelas poucas informações. É um atleta exemplar, com comportamento exemplar. Em situações como essa, é óbvio que vamos prestar apoio”, declarou Landim.

“O atleta, dentro do possível, em uma situação dessa, estava chateado, triste, mas parece que parou, chamou ambulância, bombeiro, se apresentou com o advogado, fez todos os procedimentos que qualquer cidadão teria que fazer”, disse Braz.

O jogador Ramon ainda não se pronunciou sobre o acidente.

Mais Recentes da CNN