Lewis Hamilton se abre sobre longo período de luta ‘mental e emocional’

Em uma publicação via story no Instagram, piloto disse que enfrentou "um ano difícil com tudo o que está acontecendo ao nosso redor"

Piloto Lewis Hamilton, da Mercedes, logo após ficar em segundo lugar no Grand Prix de Abu Dhabi
Piloto Lewis Hamilton, da Mercedes, logo após ficar em segundo lugar no Grand Prix de Abu Dhabi 12/12/2021REUTERS/Kamran Jebreili

George Ramsayda CNN

Ouvir notícia

O piloto de Fórmula 1 Lewis Hamilton disse, em um post nas redes sociais nesta quinta-feira (31), que “lutou mental e emocionalmente por muito tempo”.

Em uma publicação via story no Instagram, o sete vezes campeão da F1 disse que já enfrentou “um ano difícil com tudo o que está acontecendo ao nosso redor” e que “alguns dias é difícil se manter positivo”.

No entanto, ele também ofereceu apoio e segurança aos seus seguidores. “Estou escrevendo para dizer que não há problema em se sentir do jeito que você se sente, apenas saiba que você não está sozinho e que vamos superar isso!” acrescentou Hamilton.

“Um amigo me lembrou hoje, você é tão poderoso e você pode fazer qualquer coisa que você colocar em sua mente!”

Derrotado por Max Verstappen no título da F1 na temporada passada, Hamilton começou esta temporada com um terceiro lugar no Bahrein e um 10º lugar no fim de semana passado na Arábia Saudita.

Isso coloca o piloto de 37 anos, que tem o maior número de vitórias na história da F1, em quinto lugar na classificação de pilotos antes do Grande Prêmio da Austrália da próxima semana, um lugar atrás do companheiro de equipe da Mercedes, George Russell.

A Mercedes teve um início de temporada difícil e atualmente está 40 pontos atrás da Ferrari na classificação de construtores.

Após o GP da Arábia Saudita de domingo (27) – que foi precedido por um ataque, reivindicado pelos rebeldes houthis do Iêmen, em uma instalação de armazenamento de petróleo perto da pista – Hamilton falou de seu alívio pelo fim de semana, dizendo que estava “apenas ansioso para ir embora.”

Em 2020, ele também falou sobre suas lutas com a saúde mental durante a pandemia de Covid-19, com o isolamento social e fins de semana consecutivos de corrida, levando à solidão na temporada.

“Nunca é ruim pedir ajuda se você precisar ou dizer a alguém como se sente”, disse Hamilton na época.

“Mostrar seu lado vulnerável não o torna fraco, em vez disso, gosto de pensar nisso como uma chance de se tornar mais forte.”

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN