Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Louis van Gaal, técnico da Holanda, revela ter câncer de próstata

    Treinador deu entrevista neste domingo (3) e contou sobre a batalha contra uma forma agressiva da doença

    Técnico holandês, Louis van Gaal, dá entrevista após amistoso da seleção da Holanda
    Técnico holandês, Louis van Gaal, dá entrevista após amistoso da seleção da Holanda Alex Grimm/Getty Images

    Da Reuters

    Ouvir notícia

    O técnico da Holanda, Louis van Gaal, disse neste domingo (3) que está lutando contra um câncer de próstata, em entrevista ao programa de televisão holandês Humberto. Ex-técnico do Manchester United e do Barcelona, ​​de 70 anos, revelou o diagnóstico, mas declarou que planeja continuar em seu cargo.

    “Em cada período de treinos e jogos com a seleção tive que sair à noite para ir ao hospital sem que os jogadores descobrissem até agora. Enquanto pensavam que eu estava saudável, mas não estou”, revelou o treinador.

    “Você não morre de câncer de próstata, pelo menos não em noventa por cento dos casos. Geralmente são outras doenças subjacentes que te matam, mas eu tive uma forma bastante agressiva, fui tratado 25 vezes”, explicou van Gaal. “Você precisa ter muito controle e planejamento para passar por esse momento da vida.”

    Van Gaal contou com ajuda para manter a doença em segredo: “tive tratamento preferencial no hospital, fui autorizado a entrar pela porta dos fundos quando fui a uma consulta e fui imediatamente empurrado para outra sala. Fui tratado maravilhosamente.”

    Em sua terceira passagem como técnico da Holanda, van Gaal levou seu país à Copa do Mundo no Catar, onde enfrentará os anfitriões, Senegal e Equador, na fase de grupos ainda este ano. A estreia holandesa acontece no dia 21 de novembro, contra os senegaleses.

    A carreira de van Gaal como treinador já dura quase quatro décadas, com títulos nacionais em grandes clubes como Barcelona, ​​Ajax, Bayern de Munique e AZ Alkmaar. Ele passou duas temporadas no Manchester United, levando o clube a um triunfo na Copa da Inglaterra em 2016, antes de ser demitido dias depois.

     

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN