Número 1 do mundo, tenista Ashleigh Barty anuncia aposentadoria aos 25 anos

Nas redes sociais, australiana afirmou que recentes conquistas em Wimbledon e em seu país natal foram "a maneira perfeita de celebrar sua jornada incrível" no esporte

Ashleigh Barty com o troféu do Aberto da Austrália
Ashleigh Barty com o troféu do Aberto da Austrália (Mark Metcalfe/Getty Images)

Jessie YeungJill Martinda CNN

Ouvir notícia

Atual número 1 do mundo, a australiana Ashleigh Barty anunciou sua aposentadoria do tênis profissional, depois de ganhar três Grand Slams nos últimos três anos.

“Hoje é um dia difícil e cheio de emoção para mim, pois anuncio minha aposentadoria do tênis”, escreveu a tenista de 25 anos nas redes sociais.

“Estou muito agradecida por tudo que este esporte me deu e saio orgulhosa e realizada. Obrigada a todos que me apoiaram ao longo do caminho, sempre serei grata pelas memórias ao longo da vida que criamos juntos”, continuou.

A postagem incluiu um vídeo com a ex-tenista australiana Casey Dellacqua, no qual Barty explica mais sua decisão.

“É algo em que venho pensando há muito tempo”, disse Barty. Depois de vencer Wimbledon no ano passado, que ela descreve como “o único sonho verdadeiro que eu queria no tênis”, ela teve um “pressentimento” que só se fortaleceu depois de venecer o Aberto da Austrália no início deste ano.

Essas vitórias foram “minha maneira perfeita de celebrar a jornada incrível que foi minha carreira no tênis”, disse ela. “Como pessoa, é isso que eu quero. Quero correr atrás de outros sonhos que sempre quis realizar”.

A Associação de Tênis Feminino (WTA, em inglês) comentou a aposentadoria da líder do ranking mundial em um comunicado à imprensa.

“Ashleigh Barty, com seu backhand marcante e extrema competitividade, sempre liderou pelo exemplo através do profissionalismo inabalável e esportividade que ela trouxe para cada partida”, disse o presidente e CEO da WTA, Steve Simon.

“Com suas conquistas nos Grand Slams, finais da WTA e alcançando o topo do ranking, ela se estabeleceu claramente como uma das grandes campeãs da WTA”.

Barty ganhou 15 títulos de simples – incluindo os três de Grand Slam – e 12 títulos de duplas no WTA Tour, e foi a primeira australiana a ganhar o título de simples do Aberto da Austrália desde 1978.

Ela se torna a segunda tenista a se aposentar como número 1 do mundo, seguindo o exemplo de Justine Henin, que se despediu do esporte em 2008.

Após iniciar sua carreira profissional no tênis em 2010, Barty fez uma pausa no esporte de 2014 a 2016, antes de retornar em tempo integral em 2017. Ela se tornou dominante no esporte, vencendo 25 de suas últimas 26 partidas.

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original

Mais Recentes da CNN