Repórter da CNN sobrevoa estádios da Copa do Mundo do Catar

A repórter da CNN Internacional Amanda Davies sobrevoou de helicóptero os estádios no Catar

Raphael Buenoda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Menos de um ano para o início da Copa do Mundo do Catar e as oito arenas sedes da competição já estão prontas.

A Copa do Catar deve ser diferente de todas as outras, e não apenas por ser a primeira competição a ser disputada no Oriente Médio, nem por conta do período que será realizada. O tamanho dessa edição é completamente inédito.

Essa será a Copa disputada no menor país-sede de todos. Isso facilitará a mobilidade dos torcedores, que poderão ir a vários jogos — até mais de um por dia.

A distância entre os estádios do norte e do sul do país é de apenas uma hora de viagem.

A partida de abertura será disputada pela seleção anfitriã, e acontecerá no estádio Al Bayat, que fica praticamente no deserto. Essa será a primeira vez na história que a competição contará com quatro partidas por dia, e o torneio durará, ao todo, 28 dias.

Existem somente oito estádios, todos novos e construídos refletindo a tradição e a cultura do país. A única exceção é o estádio 974, primeiro com estrutura desmontável. Ele é todo composto por 974 contêineres. O número não é por acaso, já que 974 é o código telefônico do país.

O estádio Lusail será a sede a receber a primeira final de Copa do Mundo do Oriente Médio.

Mais Recentes da CNN