Governo de São Paulo anuncia retorno de torcida nos estádios a partir de outubro

Torcedores deverão comprovar vacinação contra a Covid-19

Anna Gabriela Costada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou na noite desta quinta-feira (23) que a partir de outubro os estádios poderão receber torcida para os jogos de futebol.

A condição, segundo o governo, é que os torcedores estejam imunizados com as duas doses da vacina contra a Covid-19.

Quem estiver vacinado apenas com a primeira dose, poderá comparecer desde que apresente teste antígeno contra a Covid-19 com realização nas últimas 24 horas, ou o teste RT-PCR feito em até 48 horas.

No anúncio, o governador esclareceu como funcionará a ocupação nas arquibancadas, que aumentará de forma gradativa até novembro.

A partir de 4 de outubro, será permitida a ocupação de 30% de cada setor dos estádios; de 15 de outubro em diante a ocupação poderá ser de 50%; já em 1º de novembro, a expectativa é que os jogos estejam com ocupação completa de torcedores nos estádios paulistas.

O uso de máscara será obrigatório em todos os setores do estádio.

Para que os clubes paulistas possam contar com seus torcedores no Campeonato Brasileiro, é necessário a aprovação pelo Conselho Técnico da CBF.

Um acordo entre as equipes da Série A estipulou que seria aceita a volta do público no Brasileirão apenas quando todas as equipes tivessem autorização em suas cidades. Uma nova reunião entre os clubes está prevista para o próximo dia 28.

 

Mais Recentes da CNN