Sergio Agüero anuncia aposentadoria do futebol por problema cardíaco

Atacante argentino comunicou decisão por recomendação médica em coletiva de imprensa, nesta quarta (15), em Barcelona

Leonardo Lopesda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O atacante do Barcelona e da seleção argentina Sergio “Kun” Agüero anunciou, nesta quarta-feira (15), sua aposentadoria dos gramados. “Decidi deixar de jogar futebol profissionalmente, a minha saúde está em primeiro lugar”, declarou emocionado.

A decisão foi tomada por recomendação médica após avaliação do jogador de apenas 33 anos, que teve uma arritmia cardíaca durante um jogo meses atrás.

“É um momento muito difícil, é a pior decisão que tomei na minha vida. É um problema de saúde, é a melhor decisão para mim”, disse Agüero.

O jogador explicou que tomou a decisão há cerca de 10 dias. “Tomei para preservar a minha saúde. É o que os médicos me disseram, que seria melhor parar de jogar”, contou.

No final de outubro, pouco após chegar ao clube catalão, o ex-atacante do Atlético de Madrid e Manchester City precisou receber atendimento médico em campo durante uma partida da La Liga contra o Alavés. Agüero sentiu dores no peito e tontura, e acabou sendo substituído.

À época, o argentino fez exames cardíacos em um hospital e foi anunciado o seu afastamento de pelo menos três meses para tratamento médico.

Ele teve curta passagem pelo Barcelona. Após ter problemas na panturrilha no começo da temporada, Agüero jogou apenas cinco jogos – entre eles, o “El Clásico” contra o Real Madrid, no qual marcou seu único gol pelo clube.

“Estou muito orgulhoso da minha carreira, foi um sonho que se tornou realidade. Eu só queria ser um jogador profissional e nunca pensei que iria jogar na Europa”, disse o argentino durante a coletiva.

Carreira de artilheiro

Sergio Leonel Agüero Del Castillo nasceu em Buenos Aires, em 2 de junho de 1988, fruto de uma gravidez com complicações. Ainda criança, com pouco mais de 2 anos, recebeu do vizinho da família o apelido que carregaria pelo resto da vida: “Kun”. O termo vem de uma animação japonesa que Sergio gostava, “As Aventuras de Cacá”, que tem “Kum Kum” no nome original.

Filho de Adriana Agüero e do jovem jogador de futebol Leonel de Castillo, Sergio começou sua carreira aos 10 anos, na categoria de base do Club Atlético Independiente, na cidade de Avellaneda, na província de Buenos Aires.

Em 2003, com apenas 15 anos de idade, Agüero estreou pelo clube profissional do Independiente como o jogador mais jovem a disputar o campeonato nacional argentino.

Um ano e meio depois, já em 2005, fez sua estreia pela seleção da Argentina sub-20, apesar de ter apenas 17 anos. Naquele ano, participou da campanha vitoriosa do Mundial Sub-20 na Holanda, sofrendo o pênalti na final contra a Nigéria – batido por Lionel Messi – que decidiu a partida.

Um ano depois, fez a estreia pela seleção profissional da Argentina, em amistoso contra o Brasil. A carreira na Europa também começou em 2006, com uma transferência recorde de 23 milhões de euros para o Atlético de Madrid.

Agüero jogou pelos colchoneros entre 2006 e 2011. Ele participou da campanha do título da Uefa Europa League 2009/10, o primeiro troféu continental do clube em 48 anos. Em seus 234 jogos pelo Atlético, marcou 101 gols.

Em 27 de julho de 2011, Kun Agüero assinou pelo clube onde mais se destacaria na carreira. No dia 15 do mesmo ano, estreou pelo Manchester City, em uma partida contra o Swansea. O atacante jogou pouco mais de 30 minutos e conseguiu marcar um gol e dar uma assistência.

SERGIO AGUERO CITY
Mural com homenagem a Agüero no centro da cidade de Manchester, na Inglaterra. / Reprodução

Em 2012, foi Agüero quem marcou um gol milagroso aos 49 minutos do segundo tempo e garantiu o título da Premier League para os citizens – o primeiro desde 1968. Em sua passagem pelo clube ele ainda conquistaria mais quatro vezes o campeonato nacional inglês.

Ao final de sua última temporada pelo City, em 2020/21, Sergio Agüero acumulou 389 partidas jogadas, 260 gols marcados e 15 títulos. Ele é o maior artilheiro da história do clube, o jogador estrangeiro a marcar mais gols e hat-tricks na história da Premier League, e o jogador com mais gols por um único clube no campeonato.

Em maio de 2021, foi anunciado como reforço do Barcelona assinando um contrato de dois anos. Após uma lesão na panturrilha, chegou a disputar apenas cinco partidas e marcar um gol defendendo as cores azul e grená. Aos 33 anos, em dezembro de 2021, anunciou sua aposentadoria por problemas cardíacos.

SERGIO AGUERO
Sergio Agüero durante partida do Barcelona contra o Rayo Vallecano pelo Campeonato Espanhol, em outubro de 2021. / Reuters/Sergio Perez

Relembre a final da Copa América entre Brasil e Argentina:

Mais Recentes da CNN